Argiloterapia: conheça os benefícios

De origem mineral e com propriedades antioxidantes é protocolo exclusivo com uso de argilas de todas as cores

A argiloterapia é um tratamento muito utilizado não apenas em clínicas de estética, mas também em spa’s. Essa técnica está longe de ser nova, pelo contrário, há registros indicando que ela era utilizada na Grécia antiga. Mesmo assim, ela continua muito procurada e com a onda de consumo cada vez mais voltado para produtos naturais, a argiloterapia se torna cada vez mais atual.

Argila

A argila é um componente de origem mineral, coletada diretamente do solo, composta por alumínio, sílica e água. Ótima para cuidar da beleza, tanto em tratamentos estéticos como em terapias. Ela possui vários benefícios para sua pele e saúde, como prevenir o envelhecimento, limpar, esfoliar, clarear manchas superficiais, absorver toxinas e impurezas, tem ação calmante e anti-inflamatória, ativa a circulação superficial e melhora a vitalidade da pele.

Possui propriedades que agem como antioxidante, secativa, adstringente, tensora, reconstrutora, antisséptica e desintoxicante. Por isso, ela pode ser usada para tratamento de acne, após a limpeza de pele, para melhorar celulite (pois ativa a circulação sanguínea), flacidez tissular e seborreia, entre outros usos.

A esteticista laranjeirense Jordana Brenda Vailati, explica que na área de beleza existe esse protocolo exclusivo com uso de argilas de todas as cores, voltado para a necessidade da pele do paciente. “É um conjunto de tratamentos estéticos à base deste componente, usado para tratamento capilar, facial e corporal”, afirma Jordana.

Segundo ela, na pele a argiloterapia tem ação calmante e detox, ajudando a remover células mortas. “Já a versão capilar elimina impurezas dos fios e confere maciez, brilho e saúde ao cabelo. A argila tem várias cores e mil benefícios e propriedade que vou contar para vocês”, diz.

Cores utilizadas na estética

De acordo com a esteticista a argila é o resultado da degradação de rochas minerais, gerando um pó muito fininho que pode ser misturado em água ou óleo. É possível encontrá-la para as mais diversas funções, já que ela possui variações que causam efeitos diferentes no nosso corpo.

Há diversos tipos de argilas que podem ser usados na argiloterapia corporal e facial, são elas: argila verde (desintoxicante e adstringente); argila branca (revitalizadora); argila cinza (anti-inflamatório e cicatrizante); argila vermelha (reguladora e tensora); argila marrom (adstringente e desintoxicante); e a argila preta (anti-inflamatória, cicatrizante, tensora e desintoxicante).

Geralmente, estes tratamentos deve ser feitos uma vez na semana e a argila deve atuar sobre a pele durante 15 minutos.