Câmara de Laranjeiras do Sul aprova instalação de Ecopontos em prédios públicos

Descarte incorreto de materiais é um dos maiores desafios do pode público

Com o objetivo de garantir à população um local adequado para descarte de materiais recicláveis e eletrônicos o plenário da Câmara de Laranjeiras do Sul aprovou em 2ª e última discussão e votação a instalação de Ecopontos em locais públicos do município. A matéria, de autoria do vereador Ivaldonir Panatto, segue o exemplo de cidades como Agudos do Sul e Maringá. Os Ecopontos são espaços apropriados para o gerenciamento dos resíduos, a exemplo do descarte de pequenas proporções de vidro, televisões antigas, plásticos e papelão.
Conforme o vereador Panatto, o descarte incorreto de materiais representa um dos maiores desafios do poder público, pois envolve altos custos. Além disso, quando não gerenciados adequadamente, acarretam impactos ambientais e sociais. “Os Ecopontos podem auxiliar na diminuição da ocorrência de disposições irregulares de qualquer tipo de resíduo em rios, terrenos baldios, vias públicas, entre outros”, destacou o vereador.
O projeto ainda prevê a geração de renda aos coletores. De acordo com a lei, os materiais serão repassados para entidades assistenciais e instituições organizadas coletoras. “A iniciativa representa um instrumento de política pública que materializa compromisso com limpeza urbana, preservação do meio ambiente e geração de renda para entidades assistenciais”, explicou Panatto.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail