CEEP de Laranjeiras abre inscrições para cursos técnicos

A diretora da Escola Técnica Almiria Lisboa, fala da importância dos cursos para o mercado de trabalho e informa sobre a entrevista que vai selecionar os candidatos às vagas

Com o objetivo de promover e expandir a capacitação técnica de profissionais, o CEEP Profª Naiana Babaresco de Souza, de Laranjeiras, abre novas inscrições com a retomada após o auge da pandemia da Covid-19.

A diretora da Escola Técnica Almiria Lisboa, afirma que neste segundo semestre de 2022 serão ofertados os cursos de Enfermagem, Administração e Informática. São 40 vagas para cada curso, sendo Enfermagem o curso com maior procura. Segundo ela quase 200 pessoas já comparecem para fazer as inscrições. “Esse ano não será só a inscrição, terá uma entrevista, também. Para verificarmos se o candidato tem o perfil para o curso. Porque muitos, no decorrer do curso, veem que não era o que imaginavam e acabam desistindo. E isso prejudica a escola”, relata Almirira.

Ela explica que, como a secretaria de Educação faz um levantamento de quando os alunos iniciaram e de quando terminaram, há o risco de algum curso ser fechado.

Indicação de alunos

Para Almiria, esses cursos são extremamente importantes para a região, pois muitas empresas buscam a indicação de profissionais formados pelo CEEP. Ela revela que muitos desses alunos saem formados e com indicação de trabalho da escola. “Os empregadores querem um profissional capacitado, que saiba atuar na área específica com ética e profissionalismo. O ideal seria que eles incentivassem mais esses alunos a se aperfeiçoarem. São cursos gratuitos, com curta duração. Cerca de um ano ou um ano e meio e o profissional já sai formado”.

Conforme a diretora, são cursos que facilitam muito para o empregador, porque não será necessário investir na formação de seu empregado, que já se forma em uma escola profissional, conceituada, que o estado do Paraná banca.

Registro profissional

Na Administração, por exemplo, o profissional recebe a carteirinha de administrador, um registro do Conselho Regional de Administração do Paraná (CRA-PR). O mesmo com o aluno formado em Enfermagem, que ganha o registro do Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR). Essas carteirinhas são obtidas por meio de solicitação feita pelos alunos, no caso daqueles que quiserem fazer parte das associações de cada área.

Almiria lembra que além dos empregadores que solicitam uma indicação de profissional formado pela escola, os hospitais também tem uma demanda muito grande por técnicos de enfermagem. Ela conta que com a pandemia as aulas práticas do curso de enfermagem tiveram que parar.

“No momento as aulas estão sendo repostas, mas já há uma grande demanda por profissionais, que ainda não estão formados. Nesse caso, até metade do ano que vem a escola vai trabalhar para formar mais três turmas de enfermagem”.

A equipe do CEEP espera que a comunidade busque mais informações, pois as inscrições são abertas em um curto período e muitas pessoas entram em contato perguntando quando vai abrir o curso específico. “A secretaria disponibiliza quinze dias para fazer as inscrições. Então, é muito rápido. Até que a pessoa providencie os documentos, fechou as inscrições. Às vezes não dá para fechar uma turma e passado um mês tem gente procurando curso”, explica a diretora.

Como os cursos são semestrais, as turmas encerram muito rápido o período. Em seis meses é formada uma série. Então não tem como admitir um aluno depois de dois, três meses de aula. Nesses casos, é preciso esperar pelo próximo semestre, quando abre outra turma. Por isso o candidato deve ficar atento à divulgação do período de inscrições.

Seleção e matrícula

Depois de encerradas as inscrições, serão classificados os alunos dentro do número de vagas. Se houverem, por exemplo, 80 inscritos, todos serão chamados para fazer a entrevista que vai conferir uma pontuação a cada candidato. A entrevista vai selecionar o candidato que tem o perfil para o curso de interesse. Feita a entrevista será passado o resultado e em seguida o candidato selecionado faz a matrícula para poder iniciar em julho.

“Os cursos serão todos noturnos. Neste momento só para as turmas subsequentes, que iniciam no semestre que vem. A gente abre no diurno apenas no início do ano”, destaca Almiria.

As inscrições estão abertas até o dia 24 de junho, e devem ser feitas presencialmente na secretaria da escola no turno da manhã e da noite. O resultado da seleção sai no dia 1º de julho, e as matrículas começam a partir do dia 4 a 8 de julho de manhã e a noite; e 11 a 22 de julho de manhã e a tarde.

O candidato interessado em participar da seleção deve levar os seguintes documentos: histórico de conclusão do ensino médio, RG e CPF, certidão de nascimento ou casamento, talão da Copel atualizado, número do NIS (Bolsa Família), carteira de vacina e declaração, além de ser obrigatório ter mais de 18 anos.

Para mais informações: (42) 3635-2397

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail