Central de Testes Rápidos: aumento expressivo no número de casos

No final da semana passada, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Laranjeiras do Sul, iniciou a aplicação dos testes

No final da semana passada, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) de Laranjeiras do Sul, iniciou a aplicação dos testes rápidos para o diagnóstico do Covid-19, em pacientes com sintomas, com idade entre 18 e 50 anos. A iniciativa é uma tentativa de frear a circulação de pessoas contaminadas e, diferente do teste feito em laboratório, o teste rápido tem a vantagem de apontar o resultado entre 10 e 15 minutos.

Nesta primeira semana de testagens o município já registrou um aumento expressivo nos números de casos positivos porque agora eles são identificados mais rapidamente. Pelo balanço levantado pela enfermeira Priscila Batistel, até quarta-feira (2), foram realizados 179 testes, dos quais totalizaram 51 positivos.

A Central começou com três guichês e fazia 30 testes por período. Mas, percebendo a capacidade do local, a prefeitura conseguiu dobrar o número de guichês e agora faz 50 por período, o que representa um grande sucesso na luta contra o vírus. “Laranjeiras se popularizou nacionalmente esta semana e muitos municípios estão nos procurando para obter detalhes dos testes, de como conseguimos adquiri-los e da qualidade deles”, ressaltou o prefeito. 

As pulseiras amarelas

Visando aumentar a prevenção e diminuir o contágio, Patrícia Massuqueto, chefe de epidemiologia, explicou a importância de isolar também pessoas que possuem contato familiar com positivados e salienta que a possibilidade de um paciente de contato confundir a data de início dos sintomas ou até mesmo ser assintomático é alta.

“Já tivemos casos de pessoas que começaram a desenvolver sintomas apenas no décimo terceiro dia. Então, para realmente fazer um isolamento correto, essas pessoas próximas ao positivado usam pulseira amarela e serão isoladas por até 14 dias”, continuou.

Novo horário de atendimento da Semusa

Devido a intensa aglomeração que tem acontecido nos postos de Saúde e a mistura de pacientes com Covid-19 com pacientes gerais, Valdecir Valick, secretário de Saúde, apresentou as alterações nos horários de atendimentos, que valerão a partir da próxima segunda-feira (7). No período da manhã serão atendidos somente os pacientes gerais e a tarde os com sintomas de Covid-19, como problemas respiratórios, em todas as unidades de saúde.

Falta de cilindro de oxigênio

Os cilindros de oxigênio esgotaram em todo Paraná, o que atingiu Laranjeiras. Nesse sentido, o vice-prefeito Scarpari falou sobre quais medidas serão tomadas para o fornecimento nas próximas semanas. Segundo ele, primeiramente serão atendidos os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e, por enquanto, não mais os do setor privado.

Ele confirmou ainda que a prefeitura já começará a fazer uma campanha de arrecadamento de cilindros de oxigênios na cidade. “Empresas que tiverem cilindros parados, podem imediatamente ligar para o 192 oferecendo. Os cilindros recebidos serão enviados para Cascavel, onde realizarão uma limpeza, colocar uma válvula e reutilizar. Um cilindro que as pode estar até jogado pode salvar vidas”, concordou Berto.