Em curso gratuito, alunos do CEEP desenvolvem sites em HTML e CSS

“Em um mundo quase totalmente online, buscamos dar uma base tecnológica e informática abrangente aos nossos estudantes”, diz Gracieli, professora do Centro Estadual

Sendo um dos principais instrumentos de aprendizagem na atualidade, o conhecimento técnico em informática já se tornou uma exigência não apenas para o mercado de trabalho, mas para o convívio em sociedade de modo geral. Presente no cotidiano de 81% da população com mais de 10 anos, o ensino do conteúdo digital vem sendo a cada dia mais incluso no ensino básico do Brasil.

Se alinhando as novas tendências, o Centro Estadual de Educação Profissional Profa. Naiana Babaresco de Souza (CEEP), de Laranjeiras do Sul, oferta gratuitamente duas modalidades do curso técnico em informática: o integrado – que ocorre ainda no ensino médio, com duração de três anos – e o subsequente – aberto para todos os públicos, com duração de um ano e meio.

Bacharel de Sistemas de Informação e professora do Estado há 16 anos, Gracieli Merhet explica que a importância do mundo digital ficou ainda mais acentuada nos últimos dois anos de pandemia. “Com o mundo quase totalmente online, as relações passaram a depender do domínio tecnológico e informático. Por isso, no CEEP buscamos dar uma base abrangente para o desenvolvimento de uma página WEB, a criação de um pequeno sistema, a manutenção das máquinas etc”, explicou.

Gracieli Merhet

Internet, programação e WEB

Nesta terça-feira (23), a turma de subsequentes, na disciplina de Internet e Programação WEB, ministrada pela Gracieli, desenvolveram páginas de internet usando HTML e CSS. “Fizemos a programação Front-end, que representa a “cara” de um site ou aplicativo. Possui design, interface de navegação e ferramentas de interação com o usuário, como áreas de buscas e formulários”, relatou a professora.

A disciplina de internet, programação e web faz parte da emenda do curso de informática e conta a história da internet, no mundo e no Brasil. “Além de estudar também os tipos de internet que existem hoje em dia, as aulas são, em grande maioria, práticas. Após o HTML e CSS, partiremos para a linguagem THP. Tudo para o desenvolvimento de páginas”.

Formada em geografia há oito anos, Crislaine Camargo é uma das alunas que relatou o desafio de continuar aprendendo, principalmente na área tecnológica, que avança constantemente. “Senti a necessidade de acompanhar o mercado de trabalho e, apesar das dificuldades, já vejo o quanto o curso tem agregado em minha vida”, declarou.

Curso e inscrição

A partir do ano que vem, o curso técnico em informática estará ainda mais modernizado, contando com uma ementa totalmente voltada para área do desenvolvimento de sistemas e robótica.

“Será uma oportunidade única para nossos adolescentes terem uma qualificação profissional e ter acesso à computadores e tecnologia de ponta, que possuímos em nossos laboratórios”, disse Gracieli.

As inscrições para a próxima turma serão abertas em outubro, mas interessados já podem ir até a secretaria da CEEP deixar o nome. Assim, quando as vagas forem abertas, a escola entra em contato para a realização das matrículas. 

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail