Sicredi Grandes Lagos PR/SP alcança R$ 1 bilhão em ativos

Com presença em 15 municípios paranaenses e oito da Baixada Santista, no estado de São Paulo, a Sicredi Grandes Lagos

Com presença em 15 municípios paranaenses e oito da Baixada Santista, no estado de São Paulo, a Sicredi Grandes Lagos PR/SP alcançou, em maio deste ano, a marca histórica de R$ 1 bilhão em ativos administrados. O número positivo reflete a estratégia de expansão da cooperativa, que somente em 2020 inaugurou duas novas agências nos municípios de Praia Grande e Santos, no litoral paulista. Mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia não paramos de crescer.

“O cooperativismo de crédito e o Sicredi possuem uma base sólida pautada no desenvolvimento dos associados e das comunidades onde atuamos. O nosso propósito resulta em números positivos, mesmo com as dificuldades enfrentadas durante a pandemia. A consistência da nossa atuação impacta não somente a cooperativa, mas diretamente no crescimento regional com a geração de emprego e renda”, afirma o presidente da Sicredi Grandes Lagos PR/SP, Orlando Muffato.

A cooperativa de crédito conta com mais de 34 mil associados e, em 2020, ainda bateu o recorde na entrega de recursos para compra de máquinas e equipamentos agrícolas, financiados com a liberação de mais de R$ 64 milhões em crédito. “Todos os resultados positivos são fruto da cooperação entre nossos colaboradores e a participação ativa dos nossos associados, que, como donos do negócio, atuam de forma igualitária nas decisões da cooperativa, visando ao fortalecimento do nosso modelo de negócio em uma sociedade mais próspera”, enfatiza o presidente.

Protagonismo

Além de resultados positivos, a Sicredi Grandes Lagos PR/SP vem, ao longo dos anos, desenvolvendo iniciativas de impacto positivo e transformação social. O Programa A União Faz a Vida, principal iniciativa de responsabilidade social do Sicredi, já foi realizado em cinco municípios da área da cooperativa de crédito. Atualmente o projeto impacta positivamente mais de 1.700 alunos entre crianças e adolescentes de escolas públicas e privadas para a formação de uma sociedade mais colaborativa, ética e empreendedora.