Porto Barreiro está na fase final da reestruturação do viveiro de mudas

Oferecer condições ideais para o desenvolvimento de mudas saudáveis é essencial na busca pela preservação e conservação do meio ambiente.

Oferecer condições ideais para o desenvolvimento de mudas saudáveis é essencial na busca pela preservação e conservação do meio ambiente. Nesse sentido, os viveiros florestais são importantes ferramentas para a preservação das florestas, pois nesses locais são cultivadas mudas de árvores e espécies que serão, depois, reintroduzidas na natureza ou plantadas em parques e áreas verdes.

Por isso, já nos primeiros dias de mandado do prefeito de Porto Barreiro, Vanderlei Volff, a secretaria de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo iniciaram os projetos que visavam a reestruturação do viveiro municipal, que antes ficava na Vila Rural e agora está sendo construído na Sede do município.

“Mudamos o local porque, para que o replantio seja efetivo, os viveiros florestais devem estar localizados em áreas de fácil acesso e que permitam rápida locomoção, evitando danos às mudas durante o tempo de transporte. Também é muito importante que os viveiros florestais estejam em áreas bem irrigadas”, afirmou o secretário Francinaldo Simeoni.

Os trabalhos, que são realizados em parceria com empresas como Engie e Emater (que auxiliam nas mudas nativas), já estão na fase final. Durante essa semana, o secretário e sua equipe estiveram trabalhando na construção, e agora começará a produção de mudas nativas e, posteriormente, de outras espécies.

“Um planejamento adequado, levando em conta a melhor lugar e época de plantio de cada espécie, a topografia, a incidência de sol e de ventos, os insumos necessários e a mão de obra qualificada também podem garantir o sucesso de um viveiro”, finalizou ele.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail