A busca por testes rápidos da Dengue cresce em farmácias do Paraná

Pesquisa aponta o crescimento de 74% na busca por exames rápidos de Dengue nas unidades do Paraná entre os meses de fevereiro e abril de 2022

De acordo com o boletim divulgado pela secretaria de Saúde no início de maio, desde agosto do ano passado, mais de 43 mil casos de dengue já foram confirmados no Paraná, além de terem sido registradas 124 mil suspeitas. É essencial realizar testes para diagnosticar a enfermidade e, consequentemente, passar pelo tratamento correto. Segundo os dados das redes de farmácias Nissei, apontam o crescimento de 74% na busca por exames rápidos de Dengue nas unidades do Paraná entre os meses de fevereiro e abril de 2022, em comparação com o mesmo período de 2021.

Através dos Serviços Avançados Nissei (SAN), são disponibilizados dois tipos de testes rápidos para a detecção da doença, sendo que um deles constata a presença de anticorpos no organismo (exame IgG/IgM) e o outro realiza a detecção qualitativa do antígeno NS1 do vírus da dengue em amostras de sangue total, sendo recomendado para pacientes com suspeita de infecção aguda pelo vírus (exame NS1). A rede ainda oferta testes de Zika vírus, outra doença transmitida por mosquitos do gênero Aedes.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail