Consórcio Intergestores de Saúde discute implantação do SAMU Regional

Vice-prefeito Valdemir Scarpari e secretário de Saúde Valdecir Valicki participaram da reunião

Na manhã desta segunda-feira (08), na sede do Centro de Especialidades de Guarapuava, foi realizada a assembleia de prefeitos dos municípios que compõe o Consórcio Intergestores de Saúde (CIS-5ª Regional). Presidida pelo prefeito Celso Góes, a reunião deliberou sobre o rateio de custos para o início das atividades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU-Regional.

O vice-prefeito de Laranjeiras do Sul, Valdemir Scarpari e o secretário de saúde, Valdecir Valicki estiveram representando o prefeito Berto Silva no encontro. “Essa união dos municípios torna as demandas muito mais visíveis tanto em âmbito estadual quanto nacional. O exemplo do SAMU é importante nesse caso, porque a maioria dos municípios, como é o caso de Laranjeiras do Sul, não dispunha do serviço”, afirmou Scarpari.

Novas garantias

Através de uma Central de Regulação, o novo modelo de atendimento móvel de emergência garantirá assistência aos vinte municípios que compõe o consórcio, representando uma população de cerca de 500 mil pessoas. “A implantação do SAMU regional é uma necessidade que a formalização do novo consórcio de saúde acelerou e que foi definida nesta assembleia explicou Celso, que também preside o CIS-5ª Regional.

Agora as cidades devem investir para construção das bases para receber ambulâncias. Uma equipe administrativa deve ser montada até o final do ano para dar andamento ao processo de instalação do SAMU Regional. “Com esse novo modelo regionalizado, conseguiremos atender as emergências com agilidade, salvando vidas e diminuindo eventuais problemas futuros”, enfatizou o vice-prefeito Valdemir Scarpari.

Segundo o prefeito de Pitanga e presidente da Associação dos Municípios do Centro do Paraná (Amocentro), Dr. Maicol Callegari, existia um vazio em assistência de saúde na região Centro-Sul do Paraná. “Essa união dá maior visibilidade as demandas, tanto em âmbito estadual quanto nacional. O exemplo do SAMU é importante nesse caso, porque a maioria das cidades não dispunham do serviço, e com o novo modelo conseguiremos atender as emergências com agilidade, salvando vidas e diminuindo eventuais problemas futuros”, enfatizou.

Descentralização

As bases serão instaladas em Prudentópolis, Pitanga, Laranjeiras do Sul, Guarapuava, Candói, Pinhão, Cantagalo, Rio Bonito do Iguaçu, Nova Laranjeiras, Palmital e Turvo. As cidades devem investir na adequação e término das bases descentralizadas para receber ambulâncias, incluindo a base central do Trianon em Guarapuava, que passará por reformas.

Assim que a estrutura do SAMU Regional for aprovada no âmbito da 5ª Regional da Saúde, vinculada à secretaria Estadual de Saúde, uma equipe administrativa deve ser montada até o final do ano para dar andamento ao processo de instalação do SAMU Regional com abertura de processo seletivo para formar as equipes que atuarão nas bases descentralizadas.

A implantação será de forma gradual, na medida em que os profissionais forem contratados e as bases finalizadas.

Participantes

Participaram da Assembleia prefeitos e representantes de Laranjeiras do Sul, Guarapuava, Boa Ventura de São Roque, Campina do Simão, Candói, Cantagalo, Foz do Jordão, Goioxim, Laranjal, Marquinho, Nova Laranjeiras, Palmital, Pinhão, Pitanga, Porto Barreiro, Prudentópolis, Reserva do Iguaçu, Rio Bonito do Iguaçu, Turvo e Virmond, municípios que compõe o CIS 5ª- Regional.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail