Laranjeiras do Sul já tem cronograma de matrículas para rede municipal

O processo de rematrícula ocorrerá de 16 de novembro a 6 de dezembro nas escolas e Cmeis

A secretaria de Educação de Laranjeiras do Sul inicia na próxima semana o calendário de matrículas para o ano letivo de 2022. Para a maioria dos alunos já matriculados o processo de rematrícula ocorre quase que automaticamente, sendo que as famílias devem ficar atentas aos recados da unidade escolar, quando solicitarem a renovação de documentos como o comprovante de endereço (conta de luz) e declaração de vacinação em dia, além da assinatura do termos de matrícula. O processo de rematrícula ocorrerá de 16 de novembro a 6 de dezembro nas Escolas e Cmeis, obedecendo o seguinte cronograma:

16 e 17/11: Jardim 1

18 e 19/11: Jardim 2

22 e 23/11: 1º ano

24 e 25/11: 2º ano e berçário 2

26 e 29/11: 3º ano e Maternal 1

1 e 2/12: 4º ano e maternal 2

3 e 6/12: 5º ano e classe especial

Matrículas novas

7/12: Jardim 1

8/12: Jardim 2

9 e 10/12: do 1º ao 5º ano, sala de recursos e classe especial

13/12: Berçário 1

14/12: Berçário 2

15/12: Maternal 1

16/12: Maternal 2

Já em outros casos, quando o aluno está ingressando na rede municipal, ou quando sai do Cmei e vai para a escola, é necessário que as famílias se atentem às datas e especificidades de cada faixa etária. Vale lembrar que todas as crianças que completarem 4 anos até o dia 31 de março de 2022 estarão em idade escolar obrigatória e devem ser matriculadas.

Em todos os casos já vale dar uma passada na unidade de saúde mais próxima com a carteirinha de vacinação do aluno, para verificar se está tudo em dia e já solicitar a declaração de que o aluno está com as vacinas em dia, que é um documento necessário tanto para matrículas novas quanto para rematrículas.

Documentação Obrigatória

Os documentos necessários para ingresso na rede municipal do ensino fundamental (anos iniciais) são: Certidão de Nascimento (original e cópia); RG e CPF, caso a criança tenha (original e cópia); RG e CPF dos pais ou responsável legal;  Cartão SUS – Sistema Único de Saúde (original e cópia); Comprovante de atualização do Cadastro Único (Programa Bolsa Família), caso tenha; Fatura da concessionária de energia elétrica atualizada; Declaração de Vacinação atualizada, emitida pela unidade de saúde e telefone atualizado.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail