Saúde de Espigão participa do Seminário da Linha de Cuidado Materno Infantil

Com um investimento de R$ 36 milhões, o Estado dará mais suporte ao programa em todas as regiões

O secretário de Saúde de Espigão Alto do Iguaçu, Jocemar Mendes de Jesus e servidores da pasta, participaram no dia 24 e 25 de março, do Seminário de Atualização da Linha de Cuidado Materno Infantil do Paraná.

“Sabemos da importância deste evento e da urgência em melhorar o sistema e o cuidado com as mães espigãoenses. A participação dos profissionais de saúde do município foi de suma importância para qualificar sua atenção às gestantes, puérperas e crianças no sentido de prevenir a morbimortalidade materna e infantil”, ressalta. 

Objetivo do programa

Esse programa é de prioridade nacional, e aponta para a necessidade de se adotar medidas destinadas a assegurar a melhoria do acesso, da cobertura, da qualidade do acompanhamento pré-natal, da assistência ao parto e puerpério e da assistência à criança até dois anos de idade.

Investimento do Estado

A secretaria de Saúde (Sesa) investirá mais de R$ 36 milhões na rede de Atenção Materno Infantil, visando o fortalecimento dos protocolos assistenciais e a responsabilidade do cuidado compartilhado. O anúncio foi feito pelo secretário de Saúde, Beto Preto, na quinta-feira (24) durante a abertura do Seminário de Atualização da Linha de Cuidado Materno Infantil, no Teatro Guaíra, em Curitiba.

“Com esses investimentos estamos dando mais um passo no desenho de uma rede de assistência referencial às gestantes do Paraná. Tudo isso só foi possível porque lá atrás, o governador nos confiou a missão de regionalizar a Saúde e levar o serviço mais perto das pessoas”, concluiu Beto Preto.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail