5 dias para evitar bisbilhoteiros no seu WhatsApp

É lógico que ninguém deveria acessar suas conversas sem a sua permissão. Mas, todos sabemos que os intrusos não agem

É lógico que ninguém deveria acessar suas conversas sem a sua permissão. Mas, todos sabemos que os intrusos não agem de forma ética nessas horas, por isso, melhor garantir de uma forma mais “arbitrária” sua privacidade. Por isso, vamos aqui listar 5 dicas para evitar que seus amigos, colegas e familiares bisbilhoteiros parem de ler suas conversas no WhatsApp.

Segurança digital é uma preocupação constante nos dias de hoje, pois nossos smartphones, e especialmente os aplicativos mensageiros, como o WhatsApp, armazenam uma grande quantidade de informações nossas, muitas vezes confidenciais. Sendo assim, os desenvolvedores estão desenvolvendo melhores maneiras de garantir a privacidade dos usuários.

 

1. Seja um testador do WhatsApp Beta

Todos os novos recursos do WhatsApp para Android passam antes pela versão beta. Um bom exemplo disso é o novo recurso de bloqueio do aplicativo (vamos falar sobre ele no próximo tópico), que hoje está disponível apenas para os testadores beta do aplicativo no Android. Isso ocorre porque os desenvolvedores precisam testar a nova versão, aprimorar, corrigir os erros e só depois disponibilizar para todos os usuários. Mas,ser um testador lhe dá a vantagem de receber antes as novidades do aplicativo. Veja abaixo o que você precisa fazer para ser um testador Beta:

Para ser um testador beta do WhatsApp, você deve se conectar a sua conta Google no smartphone. Se você está conectado, o próximo passo é instalar a versão oficial do WhatsApp no seu Android. Após isso, acesse a página do WhatsApp Beta no Google Play, clique em “Tornar um testador”.

Agora você verá a mensagem “Olá! Você está no programa de testes. Você é um testador.” Isso quer dizer que você se tornou um testador do WhatsApp e já pode usar as versões beta do app.

Você pode fazer atualização de forma manual, acessando o WhatsApp na Google Play e conferindo se há uma nova versão do app disponível para download. Caso não haja, aguarde um pouco, pois em breve você deve receber uma atualização

2. Ativar a autenticação em suas etapas (PIN)

Com o WhatsApp, a autenticação de dois fatores funciona de maneira um pouco diferente de qualquer outro aplicativo, mas ainda aumenta a segurança. Ao ativar a verificação do WhatsApp em duas etapas, você também deverá inserir um PIN toda vez que acessar o aplicativo em outro smartphone, e isso é ideal para garantir que ninguém “clone” seu WhatsApp.

3. Bloqueie as fotos do WhatsApp na galeria

As vezes, suas conversas no WhatsApp podem ficar um pouco mais “íntimas”, e isso incluiu muitas vezes, imagens. Se você estiver compartilhando imagens com outra pessoa, a última coisa que você deseja é que essas imagens apareçam na sua galeria, e um amigo acabe vendo quando estiver vendo suas fotos das férias (com seu consentimento).

No iPhone, você deve acessar o menu Configurações e depois ir em Privacidade > Fotos. Desmarque o WhatsApp na lista de aplicativos cujas imagens são inseridas na galeria. Para os usuários do Android, o procedimento é um pouco mais complicado. Usando um gerenciador de arquivos

4. Bloqueio por impressão digital

O WhatsApp trouxe na sua versão beta 2.19.221 uma novidade bem interessante para quem se preocupa com a privacidade de suas conversas no mensageiro. Agora, é possível usar os sensores de impressões digitais para adicionar uma camada de segurança extra, impedindo que intrusos leiam as suas conversas. Dessa forma, sua identidade será verificada antes que sejam exibidas as mensagens.

O recurso de bloqueio do WhatsApp apareceu pela primeira vez no iOS, que é o sistema operacional da Apple, no final do ano passado. Como normalmente acontece, era esperado que o recurso, de grande utilidade, chegasse aos smartphones Android.

Embora tenha demorado um pouco para isso acontecer, finalmente aconteceu. Agora, você pode ativar a função no seu smartphone, seja ele um Samsung, Motorola, Lenovo, LG, Oneplus, Huawei, Xiaomi, e por aí vai a imensa lista de marcas que usam o Android como sistema operacional.

5. Lembre-se de sair do WhatsApp Web

O WhatsApp tem uma versão Web que pode ser acessada através de um aplicativo no computador ou pelo próprio navegador. É uma mão na roda para seu uso no trabalho, e mesmo quando o smartphone está carregando ou você não quer gastar bateria usando o app. Mas, a maioria dos usuários não sabe que devem sair do WhatsApp Web no computador quando sai da máquina.

Imagine seus colegas de trabalho lendo seus bate-papos enquanto você está inocentemente tomando um cafezinho? Nunca se esqueça de sair do WhatsApp no PC, mas caso você se esqueça, basta acessar o WhatsApp web no seu smartphone e clicar em “Sair de todas as sessões?”.

 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail