Confira dicas para cuidar da saúde mental e do bem-estar do seu animalzinho

Os animais também podem desenvolver ansiedade, estresse e depressão. Por isso ficar atento a alguns sinais e tomar alguns cuidados pode prevenir patologias como essas

O cuidado com os pets vai muito além de vacinação e alimentação. Eles precisam de amor, carinho e atenção. Quando falam em bem-estar dos animais, muitos pensam que tem a ver com saúde física, mas é muito mais que isso. A saúde mental dos nossos bichinhos também merece muita atenção, se queremos vê-los bem.

Os animais também podem desenvolver ansiedade, estresse e depressão, causadas por conta de uma rotina sem estímulos, sem passeios, ou por questões de genética. E claro, não dá para esquecer da forma como são tratados. Até mesmo a vida do dono pode influenciar na saúde do pet.

Sinais e cuidados

Os pets costumam apresentar alguns sintomas quando estão sofrendo com essas patologias, como desanimado, falta de energia e quando param de comer. Para prevenir isso, os donos precisam estar atentos para evitar doenças. Para isso, confira dicas para promover o bem-estar de seu animal de estimação:

Rotina positiva: um tempo destinado a atividades com o pet. Brincadeiras são uma ótima opção, talvez até mesmo ensinar um novo truque, o ideal é interagir e fazer o seu animalzinho se mexer. E também é uma ótima oportunidade para ficar mais próximo e promover uma melhor saúde mental para o animal.

Atenção ao ambiente: os pets adoram brincadeiras e ambientes com coisas que eles possam interagir ou manipular. O dono pode esconder petiscos pela casa, para que o animal procure, principalmente cães, que gostam desse tipo de atividade. E também nos pet shops existem muitos brinquedos para ajudar na distração e entretenimento do seu animal.

Conheça o seu pet: já ouviu alguém dizer isso sobre uma pessoa que você gosta ou convive? Então, o mesmo se aplica aos animais de estimação, pois eles também sentem afeto, e quanto mais você conhecer eles, mais saberá lidar com as suas manias e poderá diagnosticar precocemente algum sinal de doença. É importante estar atento a mudanças de hábitos e comportamentos repentinos que acusem algum problema que está afetando seu bichinho.

Independência do pet: o animal as vezes precisa ficar longe de seu dono, por isso ele deve estar acostumado a longas horas longe de seu tutor, para que se sinta mais confortável quando isso vier a acontecer.

Menos tempo sozinho: principalmente para os cães, ficar sozinho pode ser muito difícil. Uma opção é o deixar em uma creche especializada ou pet sitter para cuidar dele, enquanto o dono está fora.

Brinquedos: brinquedos inanimados não conferem muita diversão e distração aos pets, as vezes, [e bom ter um brinquedo inteligente, como bolinhas e arranhadores para os gatos brincarem, e para os cães ossos de borracha com tecidos nas pontas para que possam mordem a puxar são também ótimos para a diversão do pet. e se o dono estiver junto nessas brincadeiras melhor ainda.

Socialização e passeio para os cães: cães precisam sair para interagir com outros animais e com pessoas. Para isso é necessário ter o passeio incluso em sua rotina. Além de ser um ótimo exercício físico, o animal também gasta energia e se sente melhor.

Atenção as alterações na rotina dos felinos: os gatos, principalment3e são os que mais sofrem com as mudanças repentinas no ambiente, seja por uma troca de moveis, objetos que manipulam, por novos membros da casa ou por mudanças de residência. Para que o felino se sinta melhor, o dono precisa garantir o conforto do animal, dando atenção e acompanhando a sua adaptação.

Busque ajuda profissional: se caso não houver jeito e o seu animal continuar apresentando mudanças de comportamento, que aumentam para sintomas mais graves é preciso contatar um médico veterinário para avaliar o histórico do pet e identificar o que e quais são as causas do problema, para que dessa forma, seja possível orientar o dono para o melhor tratamento do animal.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail