Fiat não venderá mais carros movidos por combustível no Reino Unido

O Reino Unido faz parte de um acordo para acabar com a venda de veículos com motor a combustão até 2030

No último ano, cerca de 60% da linha automotiva da Fiat no Reino Unido foi de carros elétricos, mas o objetivo da empresa é oferecer apenas veículos elétricos aos consumidores ingleses. Por isso, a partir do dia 1º de julho de 2022, a fabricante anunciou que só oferecerá carros elétricos e híbridos para os clientes no país.

O Reino Unido faz parte de um acordo para acabar com a venda de veículos com motor a combustão até 2030, então, a Fiat decidiu acelerar a sua produção e oferecer apenas modelos totalmente elétricos, híbridos ou híbridos leves. Em 2021, o interesse por veículos elétricos aumentou em 88% no Reino Unido, enquanto o interesse pelos modelos híbridos subiu 43%.

Em fevereiro, a Fiat revelou as novas versões híbridas dos veículos 500X e Panda e, pouco depois, passou a oferecer o New 500 totalmente elétrico. Recentemente, a empresa também anunciou o novo 500X e o Fiat Tipo híbrido.

Frota elétrica e híbrida

“Este passo na história da Fiat marca um ponto crucial em nosso compromisso de fornecer soluções de mobilidade acessíveis e sustentáveis para todos os nossos clientes”, disse o diretor administrativo da Fiat no Reino Unido, Greg Taylor. “A mudança se presta aos nossos veículos que são adequados para áreas urbanas, liderados pela popularidade do New 500”.

Assim, a companhia oferece pelo menos uma versão de baixa emissão de carbono em cada modelo disponível para os consumidores no Reino Unido. Inclusive, o New 500 é o primeiro carro da empresa projetado desde o início para ser totalmente elétrico — a autonomia do veículo é de até 320 quilômetros.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail