Friozinho pede sopa, quanto mais nutritiva, melhor

O inverno chegou e com ele as noites mais frias. Nessa época do ano geralmente o apetite aumenta proporcionalmente à

O inverno chegou e com ele as noites mais frias. Nessa época do ano geralmente o apetite aumenta proporcionalmente à preguiça de praticar atividades físicas. Sem contar que as comidas mais apetitosas, e que ajudam esquentar o nosso corpo como fondue, sopas, massas, pizzas, lasanha, chocolate quente, por vezes são as mais calóricas.

A sopa se iniciou bem antes do que podemos imaginar. Pesquisadores dizem que é o alimento mais antigo do mundo, surgindo mesmo antes do fogo. As primeiras eram frias, consistiam em carne e legumes triturados, misturados à água. Quando o homem descobriu o fogo e o processo de cozimento, as sopas foram ganhando espaço no cardápio da humanidade, tendo diferentes registros de receitas por todo mundo.

Nas famílias mais humildes, ainda na idade média, a sopa era, de longe, o alimento complementar mais importante. O caldo era quase sempre temperado com cebolas e dentes de alho, e aromatizado com diversas ervas. Quando possível, recebia um pedaço de carne, em geral de porco.

Importância

É indiscutível que a sopa é um alimento que atravessou séculos e civilizações, mantendo-se nos nossos dias com uma enorme importância social e nutricional. E habitualmente ela traz uma diversidade de alimentos fundamentais ao funcionamento do nosso organismo, com elevado teor de vitaminas, minerais, antioxidantes, fibras e água.

Pela presença de fibras somadas à temperatura a que geralmente é consumida, a sopa traz saciedade, com consequente regulação do apetite. Não resta a menor dúvida de que a sopa é, disparada, a melhor opção para as noites mais frias.

Sopa cremosa da vovó

Ingredientes:

  • 4 colheres (sopa) de óleo
  • 300g de acém em cubos
  • 1 cebola picada
  • 3 dentes de alho picados
  • 2 tomates picados
  • 2,5 litros de água
  • 1 cubo de caldo de carne
  • 150g de vagem picada
  • 2 batatas em cubos
  • 1 cenoura em rodelas
  • 1 chuchu em cubos
  • 1 lata de ervilha escorrida
  • 1 xícara (chá) de arroz branco cru
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Queijo parmesão ralado para polvilhar

Modo de preparo:

Aqueça o óleo em uma panela de pressão, em fogo alto, e frite a carne até dourar. Junte a cebola, o alho, o tomate e refogue por 4 minutos. Adicione a água, o caldo, tampe e cozinhe, em fogo médio, por 20 minutos, após iniciada a pressão. Desligue, deixe a pressão sair naturalmente e abra a panela. Volte ao fogo médio até levantar fervura, acrescente a vagem, a batata, a cenoura, o chuchu, a ervilha e cozinhe por 3 minutos. Despeje o arroz, tempere com sal, pimenta e cozinhe até o arroz e os legumes amaciarem. Desligue, polvilhe com parmesão e sirva.