Graças a cadeirinha, bebê de um ano sai ileso de acidente no Paraná

Esse dispositivo de retenção é obrigatório e imprescindível para a segurança das crianças

Na manhã desta quinta-feira (21), um grave acidente ocorreu na cidade de Campo Mourão. De acordo com a PRF, ocupavam no veículo Corsa um casal e seu bebê de um ano de idade que seguiam para Cascavel. Certo momento a banda de rodagem de um dos pneus se soltou e o carro capotou. A mulher ficou ferida e foi removida de helicóptero para atendimento hospitalar.

Graças ao uso correto da cadeirinha, o bebê, uma menina de apenas um ano de vida, não sofreu um arranhão sequer.

Esse dispositivo de retenção é obrigatório e imprescindível para a segurança das crianças. Seu uso correto, de acordo com o manual de instruções, deve ser observado na íntegra para não colocar em risco a vida de crianças mais novas. E não importa se o carro é novo ou antigo. Tendo cinto de segurança e este equipamento estando em condições de uso, é possível ancorar o dispositivo de retenção com segurança.

Só em 2020, nas rodovias federais paranaenses, a PRF autuou 1.586 motoristas pela falta ou mau uso do dispositivo de retenção e segurança. Em 2021, até o momento, 1.011 multas já foram registradas.

Em 2020, a PRF autuou 10.546 motoristas que não usavam o cinto e 4.792 multas de passageiro sem cinto foram registradas. Em 2021, foram efetuadas 8.375 multas de condutores sem o cinto de segurança e 3.581 para passageiros sem o dispositivo de retenção.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail