Homem acusado de estuprar mulher grávida se entregou à polícia

O crime aconteceu em Nova Laranjeiras

Se entregou na última terça-feira (13) o autor do estupro cometido na comunidade Guarani  em Nova Laranjeiras no dia 5 de Outubro.

O acusado se apresentou na delegacia da polícia civil com seu advogado de defesa, porém já havia um mandato de prisão expedido contra ele.

O crime

O crime aconteceu por volta das 16 horas, quando o acusado, armado com um facão, invadiu a casa da vítima, uma senhora grávida de seis meses que estava sozinha.

Após o crime, o homem fugiu. A vítima pediu amparo à vizinha que acionou a Policia Militar que a encaminhou para a unidade de pronto atendimento de Nova Laranjeiras.

De acordo com as autoridades policiais, o homem que é casado e tem um filho, é suspeito de tentar praticar outros crimes da mesma natureza na região.

Investigação

A investigação que foi feita pela delegacia da polícia civil de Laranjeiras do Sul, contou com a ajuda do Grupo de Diligências Policiais (GDE) de Cascavel e a policia militar de Nova Laranjeiras.

Segundo o delegado Marcelo Trevizan, a rapidez e o empenho da polícia e do Ministério Público foram essenciais para essa prisão.

“Nós da Polícia Civil investigamos com bastante celeridade o caso. Com menos de 24 horas com o apoio do judiciário e ministério Público, que foram bastante sensíveis com a urgência do caso, já possuíamos diversos meios de investigação que dependiam de autorização judicial, bem como o mandado de prisão”, conta.

“Vendo que não conseguiria mais se evadir da policia o autor do crime resolveu se entregar acompanhado de seu advogado. Em razão da já existência do mandado conseguimos realizar a prisão” concluiu Marcelo

A polícia civil tem 10 dias após a prisão para concluir o inquérito.

 

 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail