IBGE convoca recenseadores para o Censo 2022

A remuneração varia de acordo com a produção de cada um e tempo dedicado ao trabalho

Começou na segunda-feira (4) a convocação dos aprovados no processo seletivo de recenseador do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que disponibilizou em seu site a lista que conta com as cotas raciais e pessoas com deficiência.

A função do recenseador é fazer entrevistas do Censo. A remuneração varia de acordo com a produção de cada um e tempo dedicado ao trabalho. A estimativa de ganho no Rio de Janeiro é de quase R$ 2 mil mensais referentes a 30 horas semanais de trabalho. O contrato tem duração de até três meses. São Paulo é o estado com maior contingente de vagas, segundo Instituto. Em 635 municípios, existem 18.589 recenseadores.

Mais de 200 mil servidores temporários deverão ser contratados pelo IBGE para tralharem com o censo. No total são 183 mil recenseadores, que vão ter 4 dias de treinamento ainda nesse mês.

A edição desse ano possui como ferramentas tecnologia de ponta, banco de dados, criptografia, nuvem, inteligência artificial e transmissões da coleta em tempo real.

A pesquisa nacional serve para as estratégias no planejamento de ações em todo o governo. O fornecimento de dados são usados para a tomada de decisões para expansão e implementação de serviços relacionados a educação, moradia, saúde e emprego.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail