Nova Laranjeiras decreta estado de calamidade pública

Vários órgãos foram acionados para colaborar nas operações de abastecimento

Nos últimos dias de 2021, o prefeito de Nova Laranjeiras, Fabio Roberto dos Santos, assinou o decreto n° 338 que declarou estado de calamidade pública no município, em razão dos problemas causados pela crise hídrica, que atinge todo o Paraná.

No decreto o prefeito expõe vários pontos preocupantes, e pede a conscientização da população quanto ao uso de água. Segundo ele, os níveis dos rios estão muito abaixo do necessário para suprir o abastecimento.

E de acordo com o disposto da lei federal n° 9.433 de 8 de janeiro de 1997 e da lei n° 12.726 de 26 de novembro de 1999, em caso de escassez o uso prioritário dos recursos hídricos é para fins humanos e de dessedentação de animais.

Em virtude da longa estiagem em todo o município já foram constatadas pela secretaria municipal de Agropecuária, Meio Ambiente, Indústria e Comércio irreversíveis perdas na produção agropecuária, o que afeta diretamente a atividade econômica, que possui como pilares a agricultura e a pecuária. 

O gestor autoriza ainda os órgãos da administração direta e indireta, a empregar e destinar os recursos humanos e materiais, veículos e equipamentos para auxílio nas operações de abastecimento e dessedentação de animais.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail