Paraná sai de quinto estado mais violento para uma das regiões mais seguras do Brasil em 15 anos

Conforme especialistas a nova realidade do Paraná se deve a investimentos em tecnologia, integração das polícias e grandes investimentos na área

Nos últimos anos, o Paraná já se acostumou a bater recordes e servir de modelo para o restante do país. Seja na geração de empregos; estado mais sustentável do país; terceiro lugar no IDEB; os bilhões em investimentos e as inúmeras grandes obras; entre tantas outras conquistas. Mas uma área que pouco se fala é a da segurança pública.

Não são todos que lembram mas há 15 anos o Paraná era um dos estados mais violentos do país, de acordo com o Anuário do Fórum da Segurança Pública no Brasil. Naquele ano, na proporção de crimes letais intencionais, a violência no Paraná só não era pior que em Pernambuco, Rio de Janeiro, Alagoas e Pará.

Analisando hoje diversos rankings sobre segurança pública, a situação fica completamente diferente. Conforme o Ranking de Competitividade dos Estados, o Paraná ocupa a quinta posição no tema da segurança pública. De acordo com esse levantamento, o estado ganhou três posições no último entre 2020 e 2021.

Já o “Monitor da Violência”, do portal G1, coloca o Paraná com índice de 13% abaixo da média nacional, o que faz do estado um dos mais seguros.

De acordo com especialistas, a nova realidade do Paraná se deve a investimentos em tecnologia, integração das polícias e grandes investimentos na área.

Violência em queda

Dados do Relatório Estatístico Criminal da Segurança Pública do Paraná, divulgado no mês passado, revelaram que, no primeiro trimestre de 2022, 254 cidades paranaenses não registraram nenhum homicídio. No total, esse número representa 63% dos municípios do estado.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail