Paraná terá mais 60 Salas do Empreendedor para facilitar a abertura de pequenos negócios

Paraná terá mais 60 Salas do Empreendedor nos próximos meses. Parceria do Sebrae com a Associação dos Municípios do Paraná

Paraná terá mais 60 Salas do Empreendedor nos próximos meses. Parceria do Sebrae com a Associação dos Municípios do Paraná e articulação do Governo do Estado, as salas serão instaladas em 60 municípios, completando uma rede de 242 espaços para atendimento de pequenos e microempreendedores já existentes.  

O anúncio foi feito nesta terça-feira (29) em reunião com a presença do chefe da Casa Civil, Guto Silva; do superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta; do presidente da AMP e prefeito de Jesuítas, Júnior Weiller, e do coordenador de Negócios Institucionais do Sebrae/PR, Vinicius Milani. 

A Sala do Empreendedor é um local de atendimento das prefeituras para facilitar a abertura, regularização e baixa de empresa e de serviços exclusivos aos Microempreendedores Individuais (MEI). O objetivo é apoiar e orientar a formalização dos pequenos negócios.  

Com as novas unidades, a salas chegam a 235 municípios paranaenses. Alguns, como Curitiba, têm mais de uma. A previsão é alcançar todas as cidades do Estado até o final de 2022. 

“Esta é uma iniciativa importante e corajosa por acontecer neste momento tão complexo que estamos vivendo”, disse o chefe da Casa Civil, Guto Silva. “Ninguém poderia imaginar que a pandemia da Covid-19 seria tão longa, e ela também é desigual do ponto de vista humano, social e econômico. Tem setores que estão conseguindo passar por ela sem problemas, mas os pequenos negócios foram fortemente afetados”. 

O chefe da Casa Civil destacou ações que estão sendo realizadas pela administração estadual para gerar empregos e ajudar os municípios e os empreendedores impactados pela crise sanitária e econômica. Ele citou a dilação do ICMS, parcelamento do IPVA, redução da carga de juros para tomada de empréstimos, sem necessidade de apresentar certidão negativa, e o auxílio emergencial de R$ 80 milhões destinados a 124.960 microempresas e MEIs. 

“O Governo, o Sebrae e as prefeituras não estão parados. E isso é importante destacar. O governador Ratinho Junior sempre diz que a retomada econômica, na prática, significa emprego para a nossa população”, afirmou. 

OTIMISMO

Guto Silva afirmou que o governo está otimista na retomada econômica com a ampliação da vacinação. “A expectativa é que a partir de agosto a gente possa avançar a economia. E esses instrumentos de apoio, como a Sala do Empreendedor, serão fantásticos para dar suporte aos micro e pequenos empresários”, acrescentou. 

O plano de expansão do número de salas no Paraná também segue esse otimismo. Mais empresas estão sendo abertas por pessoas que perderam o emprego durante a pandemia e o objetivo é fortalecê-las. Segundo o superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, no ano passado os MEIs representaram 70% das empresas abertas.  

NEGÓCIOS E EMPREGOS

As novas Salas do Empreendedor que estão sendo instaladas no Paraná vão trazer uma facilidade a mais a esse segmento. Além do formato presencial também estão sendo preparadas para o atendimento virtual. “As salas vão funcionar 24 horas por dia, em todos os dias da semana”, informou Tioqueta. 

Para o presidente da AMP, toda essa estrutura de apoio vai beneficiar diretamente os municípios, principalmente os pequenos, com mais negócios e empregos sendo gerados nas cidades. “O Paraná é o Estado que mais cresce no Brasil. E queremos que ele cresça de maneira homogênea, com oportunidades para os pequenos empreendedores gerarem renda e emprego”, afirmou. 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail