Pinhão: brigada comunitária ensina a prevenir acidentes

As médias de ocorrência atendidas variam entre 45 a 100 por mês

Aproximadamente 11 mil ocorrências foram registradas pela Brigada Comunitária de Pinhão desde 11 de agosto de 2006 até a data de 14 de fevereiro de 2022. As médias de ocorrência atendidas mensalmente são entre 45 a 100, principalmente em crianças.

Dessa forma a equipe sugere dicas para evitar os principais acidentes.

Em caso de Raios e Tempestades

Evite lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios tais como: pequenas construções não protegidas como celeiros, tendas ou barracos ou veículos sem capota como tratores, motocicletas ou bicicletas. Não estacione próximo a árvores ou linhas de energia elétrica. Estruturas altas tais como torres, de linhas telefônicas e de energia elétrica, devem ser evitadas, e nunca permaneça em áreas abertas como campo de futebol, quadra de tênis e estacionamentos. Fique distante de topos de prédio ou morros, e não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos, linhas aéreas e trilhos. Por fim, nunca se abrigue debaixo de árvores isoladas.

Em casa a equipe sugere não usar telefones com fio, e evitar proximidade de tomadas, canos, janelas e portas metálicas. Além de evitar usar equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica.

Acidentes de trânsito

Ao se deparar com um acidente, os brigadistas pedem que se mantenha a calma, e sinalize o local para evitar outros acidentes. No caso de haver vítimas entrar em contato com o Corpo de Bombeiros, e informar a vítima que o socorro está a caminho mantendo-a calma. Peça ajuda a voluntários se houver, e não execute primeiros socorros se você não for treinado.

Afogamentos

Escolha o local para nadar, e nunca ultrapasse faixas e placas de avisos. Não entre onde há aviso de perigos de morte e águas poluídas. Procure sempre a presença de guarda-vidas ou corpo de bombeiros em áreas de banho.

Evite nadar sozinho, e não ingira bebida alcoólica. Fique próximo a margens, e não salte de locais elevados para dentro d’água. Acaso veja alguém se afogando, lance flutuadores na água e tente puxar a pessoa, ao invés de uma abordagem corpo-a-corpo. Em casos mais graves chame o auxílio dos bombeiros ou salva-vidas.

Queimaduras em crianças

Mantenha as crianças longe da cozinha e do fogão, principalmente durante o preparo das refeições. Além disso, evite usar toalhas de mesa que possuam bordas salientes, e que possam ser puxadas por crianças. Guarde o fósforo, velas, álcool e demais produtos inflamáveis. Não deixe fios e tomadas descobertas porque podem causar lesões graves nas mãos e bocas das crianças. Evite expor a criança ao sol por muito tempo, principalmente entre 10 e 15 horas.

Churrasqueiras com álcool

Os acidentes mais comuns com o álcool líquido estão relacionados ao acendimento de churrasqueiras. O produto é muito volátil e ao jogar o líquido sobre o equipamento podem ocorrer respingos, provocando queimaduras graves em quem manuseia ou em quem estiver próximo. O mais grave acontece em festas nos finais de semana, principalmente nos churrascos.

Quedas em crianças

As crianças estão muito sujeitas aos mais diversos tipos de acidentes e o controle disso é uma questão de saúde pública, tão alto é o número de vidas abreviadas e invalidadas. Prevenir os acidentes infantis é uma questão de informação e de atenção de pais, educadores e de todos aqueles que zelam pela infância. As quedas podem causar sérias lesões, como os traumatismos cranianos, paraplegia e morte.

Envenenamento ou intoxicação em crianças

Curiosidade é um estágio natural do desenvolvimento de qualquer criança, é uma forma natural de começar a aprender e interagir com o meio em que vive, mas, por essa curiosidade, as crianças acabam correndo grandes riscos. Muitas vezes acabam colocando na boca, inalando substâncias tóxicas ou absorvendo via cutânea (tocando) materiais nocivos. Mantenha os produtos em suas embalagens originais. Nunca coloque um produto tóxico em outra embalagem que não a sua. Poderá ser confundido com algum alimento.

Em caso de intoxicação, não ministre leite à vítima. O vômito nunca deve ser induzido, pois o veneno pode ser corrosivo, como amônios, alvejante líquido ou em pó, detergentes, soda líquida, etc. e prejudicar, assim o esôfago;

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail