Plano diretor de Espigão está na 2º etapa dos trabalhos

Uma comissão vai apontar o mapeamento do perímetro urbano, questões sociais, ambientais e a capacidade de investimentos

Teve início na prefeitura de Espigão Alto do Iguaçu, a 2ª etapa dos trabalhos para elaboração do novo Plano Diretor do município. Os trabalhos estão sendo coordenados pela empresa Alto Uruguai, de Concórdia-SC, representada pelo Engenheiro Ambiental, Marcos Borssatti.

A frente da comissão municipal estão o Engenheiro Civil, Cleber José Czarnieski e a Engenheira Ambiental, Tatiane Negoceki. Nesta etapa estão sendo feitos os mapeamentos de áreas na cidade e interior, com uso de Drones e GPS.

O novo Plano Diretor deverá apontar onde será as divisas do perímetro urbano, com rural no município, bem como, áreas críticas, loteamentos imobiliários, habitacional e industrial. Outro levantamento vai apontar um raio X das questões ambientais, como também a capacidade do município em investimentos públicos e privados.

Sendo um instrumento básico da política de desenvolvimento e expansão urbana do município que interfere no processo de desenvolvimento local, a partir da compreensão integradora dos fatores políticos, econômicos, financeiros, culturais, ambientais, institucionais, sociais e territoriais que o condicionam.

Participação da população

Assim como as oficinas e audiências públicas vão acontecer, sendo uma agendada para o dia 13 de agosto deste ano. O prefeito Agenor Bertoncelo solicitou que a comissão inclua representante da Câmara de Vereadores, para que os mesmos participem das discussões e indicações, já que depois de concluído dos trabalhos, o novo Plano Diretor precisa virar lei e ser aprovado pela Casa Legislativa.

Compõem a comissão municipal, secretários, servidores municipais. Ao todo serão desenvolvidas quatro etapas de trabalho até as conclusões finais. Depois de aprovado o Plano Diretor Municipal deverá ser encaminhado a secretaria de Estado do Paraná Urbano, do Governo do Estado.