Quedas do Iguaçu sofre com incêndios descontrolados. Confira os vídeos

“Enquanto combatemos em um local percebemos que fogo é colocado em outro ponto”, relatou o comandante dos bombeiros

Equipes de brigadistas e do Corpo de Bombeiros atuam incansavelmente para tentar combater o fogo que se alastrou numa área de preservação ambiental e também perto de moradias rurais.  

As chamas já queimaram a mata, plantações e já se aproximou de 25 casas colocando em risco moradores e animais. 

Ações integradas são feitas pela defesa civil, brigadistas e bombeiros com apoio da Polícia Militar (PM), no entanto já é considerada situação de descontrole. 

“Enquanto combatemos em um local percebemos que fogo é colocado em outro ponto”, relatou o comandante dos bombeiros. 

Como os locais são extensos e com acesso difícil aceiros estão sendo feitos para conter, informou o coronel Araújo, comandante do 4º Grupamento de Bombeiros que está desde segunda-feira na região de Quedas.

“As áreas são muito grandes, e infelizmente, muitos foram iniciados de forma criminal, porque analisando tantos focos em tantas comunidades é muito difícil que seja por causa natural, isso não justifica, são locais de difícil acesso”. 

Focos de incêndio já foram identificados também em outras regiões

Na manhã de hoje (28) o Centro Estadual de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cegerd), explicou que muitas equipes trabalham para combater os últimos focos do incêndio ambiental em áreas de lavouras e preservação. Estão no local, duas viaturas do Corpo de Bombeiros, Caminhão Pipa de Espigão Alto do Iguaçu, militares do posto comunitário de Quedas do Iguaçu e Defesa Civil.

Bombeiros de Cascavel chegaram na região ontem (27) e reforçaram o combate mais equipes foram acionadas do sudoeste do Paraná. 

Há incêndio às margens do lago da Usina de Salto Osório, no rio Iguaçu, em áreas de preservação. A PM também está atuando para identificar as queimadas irregulares e denúncias devem ser feitas pelo 190.

Com o tempo seco e muito calor, os focos se alastram rapidamente durante o dia, e no período da tarde a situação é ainda pior.

Fotos: Reprodução

Fonte: Catve.com

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail