Tamires relembra o momento do resgate e da presença de Deus no cativeiro

O resgate foi resultado do trabalho conjunto das equipes Tigre do PR e Deic do RS

Na noite de ontem (21), Tamires foi libertada do cativeiro em Cantagalo, onde foi mantida  desde segunda-feira, depois de ser trazida pelos sequestradores.

O resgate foi resultado do trabalho conjunto das equipes Tigre do PR e Deic do RS.

Tamires conta que jamais vai esquecer do rosto de cada um dos policiais que a resgataram e diz também que não tem palavras para agradecer.

Em vídeo gravado logo depois que Tamires chegou em Laranjeiras, na casa de seu pai, ela aponta e lembra com alegria dos três policiais que estouraram o cativeiro.

“Que feliz ao vê-los, ao ouvir vocês, ao ouvir vidros quebrando, ao ouvi-los dizer, Polícia!”, lembra Tamires.

Tamires parabenizou os policiais, elogiou o trabalho impecável e disse que ficou surpresa quando os policiais abriram a porta e a resgataram.  

“Melhor surpresa da vida, vocês abrirem aquela porta e me tirarem daquele lugar”, diz Tamires.

Presença de Deus   

Em relatos à família e às pessoas mais próximas, Tamires fala de fé. De como sentia a presença e conversava com Deus em cada momento. Relatou ainda que sempre teve fé, mas que agora a sente infinitamente aumentada.

Que agiu com raciocínio mesmo numa situação tão difícil. Que mesmo não sentindo fome, nem sono, nem sede…  raciocinava e entendia que tinha que comer, dormir e tomar água. Tentava manter a calma e pensar.

Confira um dos vídeos: 

 

EXCLUSIVO “A melhor surpresa da vida vocês abrirem aquela porta e me tirarem daquele lugar”, relata Tamires Gemelli da Silva Mignoni sobre sequestro

Posted by Correio do Povo do Paraná on Thursday, October 22, 2020