Adapar se mantém ativa no controle de doenças e sanidade de rebanhos

Vigilância será suspensa quando 100% das propriedades tiverem cadastro atualizado

Desde que a campanha de atualização de rebanhos de 2022 terminou, em 30 de junho, os fiscais da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) realizam o controle de sanidade e vigilância de doenças no Paraná.

Aqueles que trabalham com produção animal devem entrar em contato com a Unidade Local da Adapar mais próxima para fazer o cadastro. Vale lembrar que os produtores que não atualizaram seus rebanhos não tem o direito de emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) e podem ser autuados.

Segundo a Adapar o índice de atualização está em 87%. A agência destaca que os trabalhos só serão suspensos assim que 100% das propriedades tiverem cadastro atualizado.

A atualização do rebanho substituiu a estratégia de vacinação, por conta da certificação do estado como área livre de febre aftosa sem vacinação. O produtor deve declarar a quantidade de animais na propriedade uma vez por ano. Com isso é possível realizar uma ação mais eficaz em caso de suspeita inicial de doenças.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail