Entenda o andamento do mercado da soja para esta semana

O clima nos EUA, demanda na China e colheita no Brasil são alguns dos fatores para manter-se atento

Acompanhe abaixo os fatos que deverão merecer a atenção do mercado de soja na semana. As dicas são do analista de Safras & Mercado Luiz Fernando Roque:

•O mercado da soja permanece dividindo atenções entre o clima para o avanço do plantio e desenvolvimento inicial da nova safra norte-americana, trabalhos de colheita na América do Sul e movimentos da demanda chinesa no mercado internacional. A guerra entre Rússia e Ucrânia, e a situação da Covid-19 na China, fecham o quadro de fatores.

•Os trabalhos de plantio da nova safra norte-americana de soja avançam na região melhor produtora em um ritmo inicial abaixo da média para esta época, e apesar disso, ainda é cedo para qualquer preocupação relacionada a possíveis atrasos na semeadura. Lembrando, que a janela para o plantio de soja é mais ampla que a do milho, o que abre a possibilidade de transferências de área do cereal para a oleaginosa. Nesse sentido, o mercado já enxerga a possibilidade de acontecer, visto que os trabalhos do cereal se encontram atrasados.
Se o atraso no milho não for contornado nas próximas semanas, Chicago sentirá uma pressão negativa de uma possível área de soja ainda maior.

•Os mapas de previsões apontam para um clima mais úmido sobre a maior parte do cinturão produtor norte-americano nos próximos dias, o que poderá impedir um melhor avanço das máquinas. Apesar disso, a umidade é bem-vinda para a germinação adequada das lavouras já semeadas.

•No Brasil, os trabalhos de colheita avançam para a reta final, com atrasos acumulados no Rio Grande do Sul. Na Argentina, grande produtor e vizinho fronteiriço, os trabalhos evoluem em ritmo satisfatório e sem grandes problemas. A safra sul-americana se aproxima de sua consolidação.

•Novas compras de soja dos EUA por parte da China continuam trazendo sustentação para os contratos mais curtos em Chicago. A demanda aquecida deve continuar nas próximas semanas.

É importante acompanhar de perto as notícias sobre a expansão dos lockdowns na China, pois pode afetar a logística e impedir novas compras.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail