Luge: um dos esportes mais radicais do circuito olímpico

Este esporte é disputado em trenós individuais e o atleta fica de costas e com a cabeça para trás

As competições das Olimpíadas de Inverno continuam agitando a cidade de Pequim, e um dos esportes que o Brasil tem representantes é o Luge.
Conheça um pouco mais sobre esta modalidade.

Primeiras referências

As primeiras referências ao luge existem desde o século 16 com relatos na Noruega e Alemanha, como meio de transporte. Entretanto, a versão moderna ganhou corpo no século 19, em St. Moritz, na Suíça (berço do skeleton e bobsled). Ele é disputado individualmente ou em duplas masculinas.
A primeira corrida oficial de luge aconteceu em 1883 e, em 1913, nasceu a Federação Internacional de Esportes de Trenó, na Alemanha. A federação organizou o esporte até 1935, quando foi incorporada à IBSF. Em 1964, o esporte passou a fazer parte dos Jogos Olímpicos de Inverno.

Equipamentos

O luge exige uma série de equipamentos obrigatórios para os atletas. Além do capacete aerodinâmico, os competidores precisam utilizar botas de alta resistência por conta do impacto com a pista, visores e luvas com micro-agulhas para causar atrito no chão durante a largada e aumentar a velocidade. Os trenós devem ter dois corredores de metal que tocam diretamente a pista de gelo e um encosto para o atleta poder se deitar. Ele é feito de fibra de carbono, madeira e aço.

Disputa

Assim como o skeleton, o luge também é disputado em cima de um trenó e considerado um dos esportes mais radicais do programa olímpico. A diferença é que o atleta desce as pistas com as costas em cima do trenó e a cabeça para trás, sem ter uma visão completa da pista. Nos Jogos Olímpicos são quatro descidas e vence quem tiver o menor tempo.

Brasil no Luge

Ao lado do bobsled, o luge acompanha a Confederação Brasileira de Desportos no Gelo (CBDG) desde sua fundação em 1996. As primeiras competições do país na modalidade foram em 1997, com Ricardo Raschini e Renato Mizoguchi. Os dois, inclusive, participaram dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002, em Salt Lake City.
O Brasil manteve uma atividade constante no luge olímpico até 2005. Nessa data, o país começou a participar do circuito internacional do luge em pista natural. Desde então, foram três participações em mundiais e em etapas da copa do mundo.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail