Alerta vermelho contra a dengue em Laranjeiras

Desde o início do período epidemiológico, em agosto do ano passado, o Paraná soma 8.620 casos e 18 óbitos por

Desde o início do período epidemiológico, em agosto do ano passado, o Paraná soma 8.620 casos e 18 óbitos por dengue. No mesmo período, Laranjeiras do Sul registrou duas notificações, que mais tarde seriam descartadas. Porém, o fato de o município não ter registros da doença, não é uma carta branca para o cidadão relaxar nos cuidados.

Cuidados

Manter os cuidados para não oferecer condições de proliferação ao mosquito transmissor da dengue é fundamental sempre, principalmente em épocas de chuvas. Para o agente de endemias da secretaria municipal de Saúde, Vinicius Peppes, supervisor de campo em Laranjeiras, os terrenos baldios não chegam a ser a opção preferencial do Aedes aegypti. “A população sempre entra em contato com a gente denunciando terrenos sujos, mas nós temos encontrado focos nas residências mesmo”, declarou.

Sintomas

Os sintomas da dengue incluem febre, cansaço, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos, manchas vermelhas e não há tratamento específico, sendo recomendado o repouso, analgésicos, anti-térmicos, e hidratação. No entanto, algumas pessoas podem desenvolver uma forma grave da doença, chamada dengue grave, caracterizada por extravasamento vascular, hemorragia grave e falência de órgãos, sendo potencialmente fatal.