Correios divulga nota sobre situação da agência de Laranjeiras

Correios lamentou os transtornos e afirmou que atendimento está limitado em razão da pandemia “e outras questões administrativas”

Na edição de quarta-feira (28), o Correio do Povo do Paraná abordou a situação da agência dos Correios em Laranjeiras do Sul. Nossa reportagem ouviu o delegado sindical da unidade e o secretário de Formação e Estudos Socioeconômicos do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Comunicações Postais, Telegráficas e Similares do Paraná (SINTCOM-PR). Para a matéria, buscamos ouvir a empresa, que não se posicionou a tempo da publicação. Os Correios enviaram-nos uma nota se posicionando acerca do assunto na noite de quarta, após o fechamento da edição de quinta-feira (29). Confira-a na íntegra:

Os Correios lamentam os transtornos e informam que a unidade de Laranjeiras do Sul está atendendo com efetivo reduzido, em razão dos protocolos de segurança adotados pela empresa e outras questões administrativas.

No intuito de minimizar os impactos aos clientes e otimizar o atendimento e as operações de distribuição, os Correios estão adotando diversas medidas, tais como o remanejamento de empregados de outras unidades, a contratação de mão de obra terceirizada e a realização de horas extras e plantões aos fins de semana.

Vale destacar que as entregas também são prejudicadas na região por outras situações, que fogem à responsabilidade dos Correios, como a numeração predial irregular em grande parte da cidade e o uso de CEP único pelos remetentes.

Os Correios estão monitorando constantemente o processo de distribuição na cidade e seguem à disposição pelos telefones 3003-0100 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 725 7282 (demais localidades), ou pelo Fale Conosco, no site www.correios.com.br”.