Laranjeiras quer acelerar fila de espera de cirurgias eletivas

Para conseguir o objetivo, a prefeitura vai investir R$ 792.2 mil de recursos próprios para realizar 203 operações e 1.235 exames

A prefeitura de Laranjeiras do Sul vai investir R$ 792.2 mil (recursos próprios) para realizar 203 cirurgias eletivas e 1.235 exames, para acelerar a fila de espera de cirurgias eletivas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A necessidade de investir recursos nesse procedimento, é em virtude que o governo do estado suspendeu as cirurgias eletivas, em virtude da pandemia de Covid-19.

“Devido a pandemia as cirurgias eletivas ficaram suspensas, por isso tomamos a decisão de liberar esses recursos para normalizar o fluxo. Nossa meta é agilizar os procedimentos para que as pessoas voltem a ter uma melhor qualidade de vida”, explica o prefeito. Os profissionais da saúde vão dar sequência na tramitação e logística do mutirão. A seguir as pessoas que estão na fila de espera serão contatadas por telefone.

Requisitos

O secretário de Saúde, Valdecir Valicki, explica que não é preciso procurar a secretaria, pois quem está na fila será chamado por meio de ligações telefônicas. Ele também informa que neste momento os profissionais estão sendo contratados e os procedimentos serão realizados através da Assiscop. “Vamos dar continuidade para que os laranjeirenses fiquem o menor tempo possível na fila de espera”, relata o secretário.

Entre os exames que serão contratados estão: Ressonância Magnética (54), Tomografia Computadorizada (364), Ecografias de articulação (165), Ecografias geral (519), Endoscopias digestiva (43), Mapeamento de retina (49), Ecocardiograma (26) e Colonoscopia (15). Já as cirurgias serão: adulto Otorrino Otoplastia (127); Otorrino Criança (41) e Pterigio (43).

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail