Vereador Magrão participa da 13ª Conferência Municipal de Assistência Social

O presidente do Legislativo de Laranjeiras do Sul fez parte da mesa de abertura do evento

Com o objetivo de debater e avaliar as políticas públicas de assistência social em Laranjeiras do Sul, na quinta-feira (26), a secretaria de Assistência Social de Laranjeiras do Sul, por meio do Conselho Municipal, realizou a 13º Conferência Municipal da área.

O presidente da Câmara de Vereadores, Carlos Alberto Machado, Magrão, compôs a mesa de abertura do evento, falando em nome do poder Legislativo. A Palestra Magna foi ministrada pela professora e assistente social, Simone Beatriz Ferrari, com o tema “Assistência Social: Direito do Povo e Dever do Estado, com financiamento público para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”.

O presidente parabenizou a Secretária de Assistência, Regiane Castro e toda a equipe do Centro de Referência de Atendimento Social (CRAS) e Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) pelas ações no município, a exemplo dos ciclos de debate para enfrentamento à violência doméstica e hoje, com a discussão de políticas para combater as desigualdades. “Enquanto presidente de um poder representativo, tenho ciência que um dos maiores desafios de nosso tempo é combater a desigualdade social, sobretudo, em tempos de pandemia. Contem comigo e sigamos unidos por um país mais justo e igualitário”, disse Magrão.

Na oportunidade, os presentes também propuseram ideias para ampliar os direitos socioassistenciais dos usuários. As propostas foram explanadas por meio de grupos de trabalho que debateram eixos como o enfrentamento das desigualdades; financiamento e orçamento como instrumento para a garantia dos direitos socioassistenciais; o lugar da sociedade civil no Sistema Único de Assistência Social (SUAS); gestão e acesso às seguranças socioassistenciais; transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais e atuação do SUAS em situações de calamidade pública e emergências.

O evento

A conferência teve como objetivo debater e avaliar as políticas públicas de assistência social no município e propor novas ideias para consolidar e ampliar os direitos socioassistenciais dos usuários. Devido à pandemia, a presença de público ao local foi limitada a 30% e só 60 pessoas puderam estar presentes.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail