Alvaro Dias desiste de candidatura à presidência, mas tentará reeleição no Senado

Senador negou aliança com o ex-juiz Sérgio Moro

Depois de ser convidado para ser candidato ao Palácio do Planalto, o senador Alvaro Dias, informou ao Podemos que manterá sua candidatura à reeleição ao senado no Paraná. Outra proposta para o senador foi desistir de sua reeleição no Senado para concorrer ao governo do Estado ao lado de Sérgio Moro, recomendação negada por Dias.

“Não tenho mais condições de ser aliado dessa gente”, justificou Alvaro a aliados, avaliando que uma aliança agora com o ex-juiz poderia parecer interesseira

Pela recusa do senador, o Podemos agora discute novas possibilidades, que são elas: manter-se neutro na disputa presidencial, liberando os diretórios estaduais, ou apoiar o União Brasil. Os dois partidos articulam também na possibilidade de uma aliança para a disputa presidencial.

Caso fechem o acordo, o esforço inicial seria para que o general da reserva Carlos Santos Cruz, do Podemos, ocupe o posto de candidato a vice-presidente.

Alvaro e Moro eram aliados até março deste ano, quando o ex-juiz deixou o Podemos para se filiar ao União Brasil.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail