Mari Terezinha anuncia ação para gerar empregos

Prefeita de Goioxim vai licitar três barracões para empresas interessadas em se instalar no município. Expectativa é de gerar 80 empregos

Do que depender de Mari Terezinha, o segundo mandato como prefeita de Goioxim será marcado por uma dedicação ainda maior daquela acompanhada pela população no primeiro. A mandatária garante que está disposta e determinada para promover o desenvolvimento do município.

Para alcançar este objetivo, ela conta com parcerias dos deputados e do governo do Estado. Em Curitiba, dois dos seus maiores aliados são o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Ademar Traiano, e o deputado Márcio Nunes.

Segundo a prefeita, eles apoiam e ajudam a dar sustentação em projetos da prefeitura. “Reagendei os meus projetos e coloquei tudo o que precisa ser prioridade, tudo o que quero desenvolver em Goioxim. Os deputados e o governo sabem da seriedade e da responsabilidade com que eu e minha equipe temos com o trabalho na cidade. Por isso eles nos ajudam”, diz Mari.

A questão dos votos

Mari Terezinha que espera do povo goioxinense, no ano que vem, uma consciência maior na hora de votar em deputados. “Goioxim já teve deputados que levaram uma imensidão de votos daqui e não trouxeram nada para o município. As pessoas precisam olhar para quem está ajudando a construir o espaço em que elas moram. Ter deputados parceiros irá favorecer o município como um todo, em questões que passam despercebidas. Se temos uma cidade bonita, em desenvolvimento, o comércio melhora, os imóveis se valorizam”.

Geração de empregos

A prefeita revela projetos para a geração de empregos e que colocará três barracões para licitação de empresas interessadas em se instalar na cidade. “Estamos fazendo a chamada pública. Acredito que nesses três barracões iremos gerar uns 80 empregos. É pouco, mas é o primeiro passo que vamos dar em nossa administração. Essa estratégia vem dando certo em outras localidades da nossa região. Tenho acompanhado”.

Campo

Ela reconhece que o campo também merece a mesma atenção. “O emprego também se encontra nas pequenas propriedades. E quero promover ainda mais isso. Temos muitas propriedades de pequenos e médios produtores. Estamos buscando a regularização fundiária dos assentamentos, pois temos 11 assentamentos com 380 famílias. A produção de grãos e a bacia leiteira são relevantes e por isso quero valorizar ainda mais essa população do interior. Eles são importantes para a cidade. Quando o agricultor está cuidando da propriedade, ele contribui com a geração de empregos e a renda do município. Procuro olhar o campo e a cidade da mesma maneira.Quero sair em 2024 com a sensação de dever cumprido. Não baixei a guarda e vou continuar com a intensidade e determinação pois meu objetivo é o progresso de Goioxim”.