Em decisão unânime OMS mantém status de pandemia para o coronavírus

A Organização Pan-Americana de Saúde afirma que 14 países da América Latina e Caribe não atingiram os 40% de cobertura vacinal contra a Covid-19

Em decisão unânime, a Organização Mundial de Saúde (OMS) decidiu manter o status de pandemia do novo coronavírus. O Comitê de Emergências do órgão concluiu que a doença continua a ser uma emergência de saúde pública mundial.

O diretor da OMS Tedros Adhanom acatou a decisão e argumentou que apesar da redução  do número de mortes, o comportamento imprevisível do vírus e as respostas insuficientes dos estados nacionais ainda contribuem para a manutenção da pandemia.

“Os países relaxaram no combate à doença, reduzindo o número de testes feitos, impactando na capacidade de monitorar a evolução do vírus”, afirma o presidente do Comitê de Emergências da OMS, Didier Houssin. 

Entre as recomendações da OMS para os membros da Organização, está a vacinação de, pelo menos, 70% da população de todos os países. Segundo a Organização Pan-Americana de Saúde, 14 países da América Latina e Caribe ainda não atingiram nem os 40% de cobertura vacinal contra a Covid-19.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail