Uso emergencial de vacinas e medicamentos contra a Covid são prorrogados por um ano

Essa medida surge após o anúncio da decisão do governo federal de decretar o fim da emergência de saúde pública relacionada a Covid-19

A regra que permite o uso emergencial de vacinas e medicamentos contra a Covid-19 foi prorrogado por mais um ano pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ontem (12).

O objetivo da medida é que o fornecimento de vacinas e medicamentos não seja impactado após o fim da Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN).

Essa medida surge após o anúncio da decisão do governo federal de decretar o fim da emergência de saúde pública relacionada a Covid-19.

O Ministério da Saúde pediu que fosse autorizado durante um ano o uso emergencial de imunizantes contra a Covid, como a vacina produzida pelo Instituto Butantan.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail