Definida a programação de aniversário do município

O prefeito Berto Silva reuniu na quarta-feira (28), parte da equipe de governo para definir a tradicional e marcante programação de aniversário e de fim de ano em Laranjeiras do Sul. Em função da pandemia da Covid-19, ficou definido que a prefeitura vai abrir mão do “Laranja da Canção”, o maior festival de música do Paraná, por se tratar de um evento realizado em ambiente fechado.

Sem desfile

Também foi decidido não realizar o desfile cívico, porque a logística de reunir milhares de crianças e adolescentes mantendo o distanciamento entre eles seria improvável, e o show em Tributo a Laranjeiras que, de maneira inevitável, aglomera densamente.

Com isso, será concentrado todos os esforços e investimentos em dois eventos que simbolicamente vão representar a retomada dos eventos em Laranjeiras do Sul: o “Natal Iluminado”, que será mais extenso e encantador de todos os tempos e o “Réveillon de Laranjeiras”, onde a prefeitura pretende fazer de maneira inédita no Lago 2, às margens da avenida Santos Dumont. Em relação ao Natal Iluminado, ele vai ser aberto no dia 30 de novembro, no dia em que Laranjeiras do Sul completará 75 anos de emancipação, indo até 6 de janeiro de 2022.

“São dois megaeventos, que tradicionalmente reúnem muita gente, mas que têm um formato que nos possibilitam manter o controle da situação. Em que pese, pra ser sincero, pelo bom andamento do trabalho de imunização da população municipal, acredito que até novembro, a pandemia, que hoje nos castiga, esteja totalmente sob controle. Mas a decisão sobre realizar ou não tais atividades precisaria ser tomada agora, porque a contratação dos prestadores de serviços teria que ocorrer neste momento”, afirmou o prefeito Berto Silva.