Lançado mapa que aponta os caminhos da Rota do Queijo Paranaense

A Cantuquiriguaçu conta com quatro cidades na rota

Nesta quarta-feira (09) foi lançado o mapa da Rota do Queijo Paranaense, dividido por regiões, com as informações e locais de todas as 29 propriedades que fazem parte do projeto. O lançamento aconteceu durante a ExpoBel – feira multisetorial em Francisco Beltrão.

Iniciativa do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná) – Iapar-Emater, a rota foi lançada no final do ano passado e tem a intenção de incentivar o turismo rural, com a produção de queijos como principal atrativo.

A Cantuquiriguaçu conta com quatro cidades na rota. Em Cantagalo, a Tia Nena Produtos Coloniais; em Guaraniaçu, a Agroindústria Brandalise; em Nova Laranjeiras, a agroindústria Queijo Serra dos Macacos e em Pinhão, a Queijaria Produtos Angelita.

Natalino Avance de Souza, diretor-presidente do IDR-Paraná, ressaltou a importância de se pensar em densidade de renda para criar uma agricultura mais rica e sustentável. “É isso que estamos discutindo aqui. A geração de renda, a qualidade de vida do agricultor, a manutenção do homem no campo e isso só é possível com o alinhamento de pessoal. O IDR-Paraná, sozinho, não faz a diferença, mas com estas iniciativas temos uma forma diferente de pensar o rural”, afirma.

Além do mapa, foi lançado o material publicitário do roteiro com informações como endereço, contato e queijos produzidos em cada propriedade.

Terezinha Busanello Freire, coordenadora estadual de Turismo Rural do IDR-Paraná e idealizadora da rota, ressalta que este momento simbólico marca um passo muito importante para as queijarias participantes. “Durante este período, entre o lançamento até hoje, fizemos um trabalho intenso para consolidar as agroindústrias na parte de certificação e de turismo, que são pontos necessários para a comercialização. O material de divulgação lançado hoje ajuda a atingir o grande objetivo do projeto que é a geração de renda aos produtores”, diz Terezinha.

Inicialmente, o Instituto cadastrou 29 propriedades em 23 municípios de várias regiões do Estado, onde se produz desde queijos finos até os coloniais. A meta é ampliar o número de agroindústrias e estabelecer a produção de queijos como um atrativo para turistas do Estado e de todo o País.

A coordenadora estadual de Turismo Rural do IDR-Paraná disse que a proposta é fazer com que os produtores de queijos interessados em trabalhar com turismo rural estejam conectados. “O Paraná é o segundo maior produtor de leite do País e o queijo tem um grande poder de agregar valor à produção, além de um forte apelo turístico gastronômico. A nossa meta é identificar mais produtores e ampliar o número de participantes da rota”, salienta Terezinha.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail