Nova espécie de dinossauro brasileira é descoberta

Brasil contava apenas com 4 dinossauros herbívoros, este é o primeiro carnívoro encontrado

Hoje (29), foi revelado a descoberta de uma nova espécie de dinossauro brasileiro em Monte Alto (SP). Pertencente à família dos abelissaurídeos, o Kurupi itaata, como está sendo chamado, é o primeiro carnívoro descoberto na região, que já é famosa por outros fósseis encontrados por lá, e é considerada a terra dos dinossauros onde abrigam um museu de paleontologia.

O fóssil, até então inédito, tem mais de 70 milhões de anos, e foi encontrado em uma zona rural do município. Os trabalhos de procura duraram quase 20 anos, com a 1ª parte do dinossauro sendo achada em 2002, e o restante durante os trabalhos até 2014 quando finalizaram as escavações.

“A princípio, eram ossos da bacia do dinossauro, e a gente veio identificar mais tarde que seria um dinossauro carnívoro. Daí nossos olhos brilharam e falamos que tínhamos que escavar mais, procurar novos ossos. Nessa escavação ao longo dos anos, achamos algumas vértebras que permitiram que a gente identificasse, após os estudos, que era um animal inédito”, disse Fabiano Vidoi Ioro, responsável pelas escavações.

Fóssil da bacia do Kurupi itaata

Sandra Tavares, paleontóloga e coordenadora do museu, afirma que espécies carnívoras não são tão facilmente encontradas, e que o Kurupi foi o primeiro encontrado na cidade.

“No Brasil, essa é a quarta espécie descrita que está sendo apresentada ao público. Os dinossauros carnívoros são bem raros. Tem pescoçudos descritos, mas esses terópodes, como é o caso do Kurupi, são muito raros. Então a alegria é imensa de achar um bicho dessa importância “

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail