Nova Laranjeiras: famílias indígenas receberam recursos para produção para que gere renda

Na última sexta (12), o secretário de Agricultura Jair Muller e a extencionista  do IDR Paraná Emelini Vailati, estiveram reunidos

Na última sexta (12), o secretário de Agricultura Jair Muller e a extencionista  do IDR Paraná Emelini Vailati, estiveram reunidos com as lideranças indígenas da comunidade Rio das Cobras para planejamento das atividades anuais com projetos para a reserva, visando atender as famílias mais carentes. 

Vários projetos foram apresentados como Termo Ajuste Conduta (TAC),  na produção de frangos caipira, onde este ano serão beneficiadas 20 famílias; pomar orgânico, terá cinco famílias beneficiadas; hortas familiares para diversas famílias; agroindústria de frutas está em fase final de construção, para transformação de frutas nativas.

IDR Paraná

E apresentando os projetos do  IDR Paraná, o “Inclusão Produtiva Solidária”, é um programa estadual, que visa atender até 45 famílias indígenas, nesse programa cada família pode receber até R$ 4 mil, valor único para que possam gerar renda.

Há também o programa federal “Fomento às Atividades Produtivas Rurais”, que vai atender 33 famílias e também tem o objetivo do desenvolvimento de atividades de inclusão produtiva, neste os projetos são individuais e cada família recebe R$ 2.400, também valor único.

Nos dois projetos podem ser inscritos projetos de atividades agrícolas e não agrícolas. As famílias que podem participar são determinadas através de informações de renda retiradas do Cadastro Único do Programa Bolsa Família.