Sergio Moro assina filiação com o Podemos para eleições de 2022

Durante seu discurso, o ex-ministro da Justiça e ex-juiz da Operação Lava Jato, defendeu o combate à corrupção

Nesta quarta-feira (10), de olho nas eleições presidenciais de 2022, o ex-ministro e ex-chefe da Lava jato, Sergio Moro, assinou sua filiação ao Podemos. Fontes ligadas ao partido disseram que a expectativa é de que o ex-aliado de Bolsonaro seja lançado, muito em breve, candidato a presidente.

Em seu primeiro discurso, como mais novo membro do Podemos, o ex-juiz relembrou alguns feitos da Lava Jato, como a recuperação de dinheiro desviado e a condenação de nomes importantes do setor privado e da política.

Vale lembrar que ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, talvez seu maior adversário ao pleito do ano que vem, foi a principal liderança condenada por Moro (condenação retificada pelo STF).

Moro aproveitou, ainda, para justificar o convite do então presidente eleito Jair Bolsonaro (que o acusa de traidor) para o Ministério da Justiça, em 2018, por ver ali possibilidades de “mudanças”. “Era um momento que exigia mudança. Como juiz me sentia no dever de ajudar. Havia pelo menos uma chance de dar certo, eu não podia me omitir. Aceitei o convite”.

Porém, segundo o ex-ministro as coisas não saíram como ele imaginava. “Queria combater a corrupção, mas, para isso, eu precisava do apoio do governo e esse apoio me foi negado”, declarou. “É mentira dizer que acabou a corrupção quando enfraqueceram as ferramentas para combatê-la”, avaliou.

Sergio Moro fez questão de ressaltar que nunca teve ambições políticas, e em uma alusão ao nome do partido disse que é possível uma parceria em prol do país.

“Podemos construir juntos um Brasil justo. Não é um projeto pessoal. Nunca tive ambições políticas e sempre quis só ajudar, mas se para tanto for necessário assumir a liderança, meu nome sempre estará à disposição”, disse. “Chega de corrupção, chega de mensalão, chega de petrolão, chega de rachadinha. Chega de querer levar vantagem em tudo e enganar a população”, disse sem citar nomes, concluiu.

Fotos do evento:

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail