Acaba estoque de testes rápidos de Laranjeiras

Com surto de casos neste mês, cidade conta com mais de 560 casos ativos – dos quais incluem profissionais da saúde. Situação dificulta atendimento pleno da alta demanda

Os testes rápidos, que eram realizados no ginásio de esportes Laranjinha, em Laranjeiras do Sul, foram suspensos a partir desta quinta-feira (20). A informação é de que os insumos estão em falta em todo o Brasil, gerado pela alta transmissibilidade da nova variante Ômicron; que causou aumento exponencial de casos, aumentando a procura significativa da capacidade produtiva de testes.

A cidade já trabalhava com baixo estoque desde o início do mês, quando começou a registrar um expressivo aumento de casos positivados de Covid-19 (mais de 800 até ontem). A maior parte das pessoas que demandam pelos testes atualmente são suspeitos por com tato. Segundo o secretário de Saúde, Valdecir Valick, até a nova estocagem de testes rápidos chegar, deverão ser realizados os exames TPCR – que são encaminhados para o laboratório Lacen para a confirmação.

Situação

As empresas estão apresentando dificuldades em atender todas as unidades de saúde, laboratórios e hospitais, que precisam do material. Uma outra questão referente ao aumento da demanda está na baixa quantidade de funcionários para atendê-los.

Até a manhã de ontem (20), Laranjeiras registrava 560 casos ativos de Covid-19, dos quais, conta com muitos profissionais da saúde; que apresentaram sintomas e precisaram ser isolados. Nesse sentido, poucos restaram para atuar na linha de frente, o que dificulta o atendimento a todos os pacientes.

Apesar disso, o secretário de Saúde, Valdecir Valick, afirma que todos os mais de 500 pacientes positivados neste momento apresentam sintomas leves e não há nenhum internado.

Cuidados essenciais

Valick ressalta ainda a importância da consciência coletiva da população para manter os cuidados necessários para conter o avanço do vírus. Considerando isso, relembre a seguir as medidas essenciais, além do uso de máscara:

Distanciamento social

Limitar o contato próximo entre pessoas infectadas e outras pessoas é importante para reduzir as chances de transmissão do SARS-CoV-2. Trata-se de uma estratégia importante quando há indivíduos já infectados, mas ainda assintomáticos ou oligossintomáticos, que não se sabem portadores da doença e não estão em isolamento.

Além disso, recomenda-se a manutenção de uma distância física mínima de pelo menos 1 metro de outras pessoas, especialmente daquelas com sintomas respiratórios e muitas pessoas (aglomerações) tanto ao ar livre quanto em ambientes fechados.

Higienização das mãos

A higienização das mãos é a medida isolada mais efetiva na redução da disseminação de doenças de transmissão respiratória. As evidências atuais indicam que o vírus causador da Covid-19 é transmitido por meio de gotículas respiratórias ou por contato. A transmissão por contato ocorre quando as mãos contaminadas tocam a mucosa da boca, do nariz ou dos olhos.

Etiqueta respiratória

A etiqueta respiratória consiste nas seguintes ações:

  • Cobrir nariz e boca com lenço de papel ou com o antebraço, e nunca com as mãos ao tossir ou espirrar. Descartar adequadamente o lenço utilizado.
  • Evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Se tocar, sempre higienize as mãos como já indicado.
  • Manter uma distância mínima de cerca de 1 metro de qualquer pessoa tossindo ou espirrando.
  • Evitar abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico.
  • Higienizar com frequência os brinquedos das crianças e aparelho celular. Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, toalhas, pratos e copos.
  • Evitar aglomerações, principalmente em espaços fechados e manter os ambientes limpos e bem ventilados.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail