Laranjeiras: Prefeitura e Creas promovem caminhada no Dia do Combate ao Abuso e a Exploração Sexual

O objetivo é de sensibilizar e mobilizar a comunidade sobre a importância do tema. “Precisamo zelar por nossas crianças”, enfatiza a secretária Regiane Castro

Dia (18) é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, data determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de oito anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. O Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes incentiva que em todo o Brasil sejam realizadas ações que visem alertar toda a sociedade sobre a necessidade da prevenção à violência sexual.

Em razão disso, a prefeitura em companhia do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e também o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) irão realizar uma uma caminhada no dia (18) quarta-feira. A concentração será às 8 horas na Praça do Cinquentenário Todos vão descer pela Rua XV de Novembro até a Praça José Nogueira do Amaral. O objetivo é de sensibilizar e mobilizar a comunidade sobre a importância do tema. “Precisamos zelar por nossas crianças”, enfatiza a secretária de Assistência Social, Regiane Castro.

Diariamente crianças e adolescentes são expostos a diversas formas de violência nos diversos ambientes por eles frequentados. Dessa maneira, a família, a sociedade e o poder público, devem ser envolvidos na discussão e nas atividades propostas em relação à prevenção ao abuso e exploração sexual, alertando principalmente que as vítimas, em sua grande maioria, não tem a percepção do que é o abuso sexual. A violência sexual de crianças e adolescentes pode ocorrer em várias idades, inclusive com bebês, e em todas as classes sociais, podendo ser de várias formas, como:                                                                                                                

•Abuso sexual: a criança é utilizada por adulto, ou até um adolescente, para sua satisfação sexual;

•Exploração sexual: usar crianças e adolescentes com propósito de troca ou de obter lucro financeiro ou de outra natureza em turismo sexual, tráfico, pornografia, ou também em rede de prostituição.        

O Creas, que oferta o trabalho social a famílias e pessoas em situação de risco pessoal e social, por violação de direitos e violências, vem desenvolvendo uma série de ações durante o mês de maio, com destaque para o evento realizado no dia (10), no Cine Teatro Iguassu, o 2º Seminário da Rede de Proteção.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail