Prefeitura inicia a instalação de cinco parques infantis nas escolas e CMEIs

Os parquinhos propiciam aos alunos momentos de interação que ajudam a desenvolver a coordenação motora, além de proporcionar várias vivências lúdicas

A prefeitura de Laranjeiras do Sul iniciou a instalação de cinco conjuntos de parquinhos infantis coloridos nas escolas e centros de educação infantil da rede municipal de ensino. As primeiras unidades foram instaladas nas escolas Therezinha Andreetta, Antônio Ribeiro de Oliveira e Raquel de Queiroz, no Passo Liso. Os equipamentos também serão colocados nos CMEIs Divina Providência e Primeiros Passos.

Os parques possuem três plataformas com deck de madeira plástica e cobertura, rampa de cordas com estrutura tubular de aço e corda de nylon, escorregador duplo com portal de segurança, escada em plástico com cinco degraus e corrimãos, um “Jogo da Velha” composto por nove cilindros plásticos coloridos, rampa de escalada negativa, passarela curvada para cima, tobogã e uma rampa com tacos de madeira, assoalho e corrimão e dois balanços.

Estrutura

A estrutura dos parques é metálica (em alumínio) e os brinquedos têm revestimento em plástico. A secretária municipal de Educação, Maria Luiza Simões Nunes dos Santos, disse que os parquinhos propiciam aos alunos momentos de interação que ajudam a desenvolver a coordenação motora, além de proporcionar várias vivências lúdicas.

Os plásticos não são escolhidos ao acaso. Regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) definem revisões que precisam ser seguidas para a prevenção de riscos e acidentes. Nesse sentido, as recomendações indicam que materiais como correntes sejam evitados, porque os dedinhos de quem está brincando podem acabar ficando presos nos elos das correntes.

Outra questão são os vãos, que também podem prender dedos, mãos, pés e bracinhos das crianças, principalmente as bem novas. Os espaços entre as barras de proteção, de guarda-corpo por exemplo, e os vãos entre as ripas das plataformas devem respeitar os espaçamentos estabelecidos por norma.

Importância para o desenvolvimento

Pelo parquinho, as crianças socializam e desenvolvem suas percepções de mundo, do que tem à sua volta. Por isso, espaços com gangorras, balanços, amarelinhas, escorregadores, escaladores e outros brinquedos auxilia no desenvolvimento psíquico, motor e social da criança. “Sem falar na alegria que as brincadeiras proporcionam às crianças, a interação com os coleguinhas e a descontração fora da sala de aula, tudo isso é benéfico e importante para o seu desenvolvimento”, completou a secretária.

Ao brincar no parquinho da escola, a criança faz uma série de exercícios musculares enquanto corre, sobe escadas, faz força para pular e interagir com os brinquedos. Pelo balanço, por exemplo, os pequenos aprendem a controlar a força do corpo a fim de conseguir movimentar o brinquedo sem colocar os pés no chão.

Sob a perspectiva social e psicológica, as crianças também podem aproveitar ao máximo a experiência, onde fatores indiretos como a interação com outras crianças ensina-os a se comunicarem e fazer amizades; a respeitarem os demais a partir do revezamento de brinquedos e a compartilharem instalações de uso comum. São ganhos em todos os contextos.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail