Calendário de vacinação por idade, em Foz, que circula nas redes sociais, é FAKE

Em entrevista para a Rádio Itaipu FM, a chefe da 9ª Regional de Saúde de Foz, Lélita Santos alertou sobre o “falso calendário da vacinação” e outras FAKES

Por Cris Loose

Convidada para participar da #RodadeConversa na Rádio Itaipu FM, a chefe da 9a Regional de Saúde, Lélita Santos, esclareceu informações sobre a lotação dos leitos de UTI do SUS em Foz e falou também sobre a transferência de pacientes para outras cidades da macro-região. 

Lotação das UTIs

Lélita também alertou para o aumento de casos de internamento que tornaram a deixar Foz do Iguaçu com 100% das UTIs do SUS ocupadas, mas garantiu que no estado do Paraná existe sim a disponibilidade de leitos SUS em várias regionais.

“Foz tem 95 leitos em três hospitais, mas apenas os 50 leitos do Hospital Municipal são SUS e atendem à demanda dos 9 municípios da Regional. O HMCC atende à demanda do próprio hospital e convênios, e pacientes da oncologia, da cardiologia e da gestação de alto-risco. Além disso temos mais cinco leitos no Hospital Madre de Dio, em São Miguel do Iguaçu. Os leitos foram contratados pelo HMCC e foram disponibilizados para o HM. Com 100% de lotação no HM e em São Miguel, os pacientes são transferidos para qualquer hospital da Macro Região, que compreende Foz, Pato Branco, Francisco Beltrão, Toledo e Cascavel”, explicou.

Ela também disse que infelizmente os moradores relaxaram nos cuidados é preciso que a população volte a se cuidar para prevenir a infecção.

Vacinação

Lélita também acompanhou a primeira manhã de vacinação em idosos com mais de 90 anos. Eles estão sendo vacinados na sede da Vigilância em Saúde.

“Chegou gente de 97 anos para tomar a vacina, gente cheia de esperança. Só pela manhã foram vacinados mais de 130 idosos”, afirmou. 

De acordo com Lélita, são 850 doses iniciais para esse público. “A segunda dose deles está reservada e em 25 dias eles vão receber a segunda dose”, disse.

Fake 

Apesar do início da vacinação nos idosos com mais de 90 anos na manhã desta terça-feira (9), Lélita fez questão de alertar as pessoas para não compartilharem notícias falsas. 

Entre elas, um suposto “calendário” com as datas das vacinas para as diferentes idades, que vem sendo compartilhado como “informação de utilidade pública para Foz do Iguaçu”.  

Lélita falou que a demanda é grande, mas a oferta de vacinas ainda não é suficiente. E o terreno é perfeito para a disseminação de notícias falsas.

“Compartilhar algo que de fato não é, é perigoso. Com esse tipo de publicação as pessoas são colocadas em risco. O que a gente pede é: não compartilhe fake”. 

Próxima fase

A próxima remessa de vacinas que chegar, de acordo com ela,  será para o público maior de 80, depois 70 anos e assim por diante, sem previsão de datas. Ela esclareceu que “é preciso receber as doses para aí sim programar a vacinação do grupo prioritário”. 

Além de pedir para que as pessoas não disseminem fakes, Lélita pediu para que voltem a se cuidar, usando máscaras, evitando aglomerações e, principalmente, respeitando o próximo.