Empresas de tecnologia se unem para acabar com o uso de senhas

“Não usar uma senha deve ser mais fácil do que usar uma senha” afirma Andrew Sikhiar diretor executivo da Fido

Há cerca de dez anos, um consórcio de empresas de tecnologia e segurança, agências governamentais e instituições financeiras foi lançado com o objetivo de eliminar o uso de senhas em sites, aplicativos e dispositivos. Agora, o Fast Identity Online (Fido) parece ter finalmente encontrado um meio para isso.

Em um novo relatório, o consórcio traz um conceito de como tornar a prática do “não uso de senhas” mais ampla.

E o que as pessoas vão usar no lugar de senhas?

As opções são muitas: elas podem usar seus celulares, usando SMS ou sensores de proximidade, mas também scanners de impressão digital e íris, reconhecimento facial e de voz. Outras opções são chaves físicas, na forma de chaveiros USB.

Recurso arcaico

Segundo empresas como Intel e Qualcomm, desenvolvedores de plataformas como Amazon e Meta (Facebook), instituições financeiras, como American Express, Bank of America, além dos três grandes desenvolvedores de sistemas operacionais comerciais  Google, Microsoft e Apple  o importante é acabar com as senhas, pois é um recurso arcaico, facilmente burlável, e incômodo ao usuário.

Andrew Shikiar, diretor executivo do consórcio, diz que a autenticação Fido tem que estar prontamente disponível para as pessoas: “As senhas fazem parte do DNA da própria web e estamos tentando suplantar isso. Não usar uma senha deve ser mais fácil do que usar uma senha”.

Autenticação

A autenticação sem senha já é uma realidade, mas ainda encontra dificuldades. Um padrão universal como o Fido pode se tornar disponível em todos os dispositivos do usuário, não importando a marca, e ser facilmente cambiada quando, por exemplo, alguém passa seu notebook ou celular para outra pessoa. Dessa forma, garantindo que você possa sobreviver à perda de um aparelho, podendo sincronizar em diferentes dispositivos.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail