IBGE inicia treinamento de 180 mil recenseadores

Nesta semana a fase presencial do curso de capacitação dos mais de 180 mil futuros recenseadores convocados pelo IBGE

Foi iniciado nesta segunda-feira (18) a fase de capacitação presencial do curso dos mais de 180 mil futuros recenseadores convocados pelo IBGE. O treinamento acontece em cerca de 5 mil locais de treinamento e 10 mil salas de aula espalhadas por todos os estados do país. O período de aprendizado terá carga horária de oito horas e durará cinco dias, se encerrando na sexta-feira (22). Os profissionais que coletarão dados dos povos e comunidades tradicionais, como indígenas e quilombolas, terão um dia a mais de capacitação, na segunda-feira (25).

Nesta semana também começa o treinamento dos agentes censitários de pesquisa por telefone (ACT), com aulas de terça-feira (19) até o dia 27. Responsáveis por atuar no Centro de Apoio ao Censo (CAC), os agentes serão divididos em turmas e poderão escolher o turno de acordo com a sua disponibilidade de horário. Os ACTs atuarão no Censo ajudando a esclarecer dúvidas de quem optar por preencher o questionário pela internet ou por telefone.

Sobre o treinamento

A gerente de Treinamentos de Censos, Cynthia Damasceno, ressalta que os recenseadores já iniciaram o treinamento bem antes de estarem em sala de aula. “Começaremos a etapa presencial do treinamento dos recenseadores, mas eles já estão sendo treinados há tempos. Preparamos um curso em EAD (Ensino a Distância) com conceitos fundamentais do Censo e esse conteúdo caiu na prova do processo seletivo simplificado.

Os recenseadores passaram ainda por uma etapa auto instrucional com a leitura prévia do Manual do Recenseador e do Manual de Entrevista, disponíveis no site do Censo 2022. “Também aproximamos esse treinamento presencial do início da coleta para que o conhecimento que o recenseador acaba de adquirir fique ‘fresco’ na cabeça dele”.

O IBGE utiliza o treinamento em cascata, também aplicado em operações anteriores, que consiste em treinar pessoas para capacitarem outras pessoas. “É um processo, uma sequência, uma onda. É o método que usamos para, a partir de um grupo de especialistas do IBGE nos temas censitários, capacitar um número cada vez maior de servidores que atuam como técnicos e multiplicadores. Passamos pelos coordenadores e técnicos das unidades estaduais, pelos coordenadores censitários de subárea (CCS), agentes censitários municipais (ACM) e agentes censitários supervisores (ACS), que são os últimos multiplicadores, responsáveis por instruir os mais de 180 mil recenseadores”, destaca Cynthia.

Conteúdo programático

Durante o período de capacitação, os futuros recenseadores reforçam o aprendizado sobre os diversos temas relacionados ao Censo e ao IBGE, por exemplo:

• O que é um setor censitário e como fazer o percurso e a cobertura;

• Cadastro de endereços e captura de coordenadas;

• Questionários básico e da amostra, e seus respectivos quesitos;

• Ética e integridade no recenseamento;

• Condutas de abordagem do recenseador;

• Atividades práticas e simulações no DMC (dispositivo móvel de coleta).

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail