Itamaraty abre dois postos na tentativa de retirar brasileiros da Ucrânia

A embaixada de Kiev continua transmitindo informações por meio de mensagens no site, na página do Facebook e por um grupo no Telegram

Na busca pela liberação dos brasileiros presos em meio ao combate armado entre a Rússia e Ucrânia, o Itamaraty anunciou a abertura de dois postos de atendimento consular para aperfeiçoar os mecanismos emergenciais de assistência aos cidadãos brasileiros que buscam deixar a Ucrânia. Esses locais servirão de auxílio na emissão de documentos de viagem e na retirada, ordenada e segura deles.

Os postos estão localizados em Lviv, cidade fronteiriça com a Polônia – país onde grande parte dos brasileiros dirigiram-se, e o outro em Chisinau, capital da Moldávia. O segundo posto facilitará a assistência aos brasileiros que buscam sair da Ucrânia pela Romênia.

Casos de emergência

Em nota emitida pelo Itamaraty na noite de terça-feira (1°), embaixadas de vários países têm missões de apoio igualmente estabelecidos fora da capital da Ucrânia, principalmente em Lviv. “Em casos de emergência, o plantão consular brasileiro pode ser contatado pelo número de telefone +55 61 98260-0610”.

A embaixada em Kiev continua transmitindo orientações por meio de mensagens no site, na página do Facebook e por um grupo no Telegram.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail