Município adere ao projeto de vacinação máxima contra a Covid-19

Com o slogan “Proteção pela metade não é proteção”, a meta da mobilização é garantir a máxima proteção

Laranjeiras do Sul é um dos municípios do interior do Brasil que está aderindo a um projeto piloto do Ministério da Saúde de vacinação contra a Covid-19. Com slogan “Proteção pela metade não é proteção”, a meta da mobilização é garantir a máxima proteção, focando principalmente a importância e a necessidade da segunda e da terceira doses da vacina.

A iniciativa tem o objetivo de incentivar que as pessoas que não voltaram para completar o ciclo vacinal procurem os pontos de vacinação para garantir a proteção máxima. Também atender quem precisa tomar a dose de reforço (3ª dose). A campanha chama a atenção para a necessidade de reforçar a imunidade contra a doença. Ela conta com apoio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde e o Conselho Nacional de secretarias Municipais de Saúde.

Com início no sábado (20), a prefeitura de Laranjeiras conta com equipes da saúde vacinando a população no horário das 8 às 11h30 e das 13 às 16h30, em dois pontos: Pavilhão da Matriz Sant´Ana e Cine Teatro Iguassu.

Até o fechamento desta matéria estava sendo aplicada apenas a 3ª dose para pessoas acima de 60 anos, vacinadas há mais de cinco meses com a 2ª dose, conforme novo protocolo do ministério da Saúde, além dos profissionais da saúde.

Será disponibilizada, assim que a cidade receber novas remessas, vacina para a 1ª dose, para a população a partir dos 12 anos e a 2ª dose para quem está no prazo ou perdeu a data de recebê-la.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail