Alunos da escola Aluísio Maier dão exemplo de consciência sustentável com o projeto ‘Agentes do Futuro’

Estudantes visitaram o gabinete do prefeito Berto Silva para apresentar propostas para a escola

A Escola Municipal Aluísio Maier de Laranjeiras do Sul está desenvolvendo o projeto ‘Agentes do Futuro – Promovendo Ações Sustentáveis’, que trabalha práticas saudáveis e preservação do meio ambiente com as crianças.

De acordo com a diretora Silvania Ivaniuk Nardin, durante a organização pedagógica no início do ano, cada professor escolhe um projeto para desenvolver durante o ano letivo. “A professora Ana Karoline escolheu o tema sustentabilidade, assim surgiu o projeto. Ela começou na turma dela, mas hoje toda a escola e comunidade já estão envolvidos nas ações”, diz a diretora.

Idealizadora do projeto

A professora Ana Karoline Machado, destacou que o tema sustentabilidade sempre foi abordado na escola, entretanto em sua forma mais teórica, e que sentiu necessidade de levar essa temática para a prática dos estudantes. “O que me chamou atenção foi que a maioria dos alunos sabia o que deveria ser feito para combater a dengue, mas não faziam essas práticas em casa”, ressalta.

Durante uma festa julina na escola, os alunos do 5º ano começaram a perceber que participantes jogavam o lixo no chão ou que não sabiam jogar na lixeira correta. “Então a primeira lição que desenvolvemos com eles foi a ‘Segunda-feira Reciclável’ onde eles trazem os reciclados e fazemos a separação de forma correta. Hoje (1) foi a primeira Feira na escola, mas a ideia é que isso se torne um hábito em que eles passem a ensinar os pais deles a fazer a separação em casa”.

Relato dos alunos

Os estudantes que iniciaram o projeto são todos do 5º ano e tem entre 10 e 11 anos de idade.

O estudante Guilherme Raniel Pereira, lembrou que uma das ações do projeto visa a economia de água na escola. “Foi com esse intuito que fomos falar com o prefeito, sobre a construção de uma cisterna na escola, que ajuda a economizar e reutilizar água”, destaca.

A estudante Carolina Baroni Cunha, destaca que as boas práticas alimentares também são alvo do projeto, que já reativou a horta da escola e incentiva eles a realizarem receitas saudáveis. “É muito importante ter uma alimentação saudável, meu pai por exemplo, estava com alguns problemas de saúde, e com uma alimentação equilibrada conseguiu melhorar”, disse.

Carolina ainda destacou que existem professoras vegetarianas na escola que necessitam de uma alimentação diferenciada, e nesse sentido a horta é muito relevante.
O estudante Pedro Henrique Borsoi, disse que as atividades do projeto são muito importantes e que a visita que realizaram ao prefeito Berto Silva na última semana, apresentando o projeto, foi para conseguir ainda mais recursos para a escola. “A visita ao prefeito foi muito boa porque conseguimos mostrar para ele o que é ser sustentável e a importância da escola contar com uma cisterna, que é um dos objetivos das ações do projeto”, lembra.

Já a estudante Alessa Maria Scopel Schardosin, explicou o porquê do nome do projeto ‘Agentes do Futuro’. “Agentes porque indica ação e nós estamos praticando ações sustentáveis, e do futuro porque fazemos ações no presente, pensando no futuro das próximas gerações”, enfatiza.

A estudante Maria Fernanda Carvalho Bovino, que está no projeto desde março, diz que vai sentir falta quando não estudar mais ali. “É algo muito interessante e estamos animados. É meio raro que as crianças hoje em dia se preocuparem com esses assuntos desde cedo, mas importante para se conscientizarem”.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail